Seguir o blog

domingo, 5 de abril de 2009

LETRAS E LIVROS

O que é mentira, o que é verdade? ///// Dia 3 último, sexta, pelo calendário de datas etc., foi o Dia da Verdade. Dois dias antes, o da Mentira. O que separa um dia do outro? ///// O ministro da Propaganda de Hitler, Joseph Goebbels, dizia que a mentira tantas vezes anunciada se torna verdade. Ele sabia... ///// Pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômico, Dieese, entidade que vê e de alguma forma interpreta coisas várias à margem dos gabinetes oficiais, dava conta, em 2007, que pelo menos 12% da população brasileira são de analfabetos absolutos e 30% se enquadram na janelinha dos horrendos funcionais; aqueles que abrem livros e lêem, lêem e não sabem o que lêem. ///// Mais ainda revelou aquela pesquisa de triste recordação e que continua em voga, infelizmente: moços identificados na faixa etária que vai dos 18 aos 24 anos estão fora das escolas de ensino médio. Putz! O que sobra? Pensem... No meio do ano passado, foi divulgado que em termos de analfabetismo o Brasil só não perde por Haiti e Guatemala... Triste, não é? Para nós, o Haiti e a Guatemala. ///// Qual a região pior deste Patropi de mais de 8,5 quilômetros quadrados, no que se refere à miopia de não saber ler? O Nordeste, o Sudeste...? Deixemos pra lá... //// Anteontem o Obama negro e sabido disse que Lula da Silva “é o cara”. Arrepiei-me por inteiro. Cuidemo-nos com nossos mais de 8,5 milhões de km2... ///// O rei do baião Luiz Gonzaga aprendeu a ler e a escrever na marra. ///// Patativa do Assaré, também. Jackson do Pandeiro, mais ou menos. Voltarei ao assunto. ///// O dia 4 nos trouxe uma verdade insofismável: a morte, por acidente vascular cerebral (AVC) do ex-deputado Márcio Moreira Alves, aos 72 anos de idade. Márcio foi o estopim do AI-5, ao pronunciar em plenário um discurso em que pedia boicote às comemorações do 7 de setembro, rogando às moçoilas verde-oliva jejum aos namorados e amantes de quartel. Ai, ai. //// Estou lendo um livro maravilhoso: “Às Margens do Sena, Depoimento a Gianni Carta”, que tatá da vida e carreira do jornalista Reali Jr. Comentarei depois. ///// Amanhã 6 a exposição “Ave Patativa!” amanhece na estação Paraíso do Metrô. Hoje 5 fiquei todo pimpão ao passar pela Casa das Rosas e saber que nos últimos três dias mais de 1500 pessoas foram ver a exposição sobre o mais importante poeta popular do Brasil: Patativa do Assaré. Abaixo, registro do sarau que promovemos na Casa das Rosas, no dia 29-3:

2 comentários:

fernando hossepian disse...

Assis, parabéns pela iniciativa do blog. Acredito que V. poderá fazer, assim e ainda mais, pela cultura popular e pela preservação dos valôres contidos na obra e em figuras como Gonzagão, Patativa e tantos outros que V. tem em sua agenda.

Clarissa de Assis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

POSTAGENS MAIS VISTAS