Seguir o blog

terça-feira, 21 de julho de 2009

AINDA O HOMEM NA LUA

O músico Júbilo Jacobino acredita que o homem foi à lua, mas acha que isso ocorreu “já de noitão”, quase meia-noite, hora do footing.
Bom, o módulo lunar chegou à lua no final da tarde de 20 de julho, após cerca de 100 horas de vôo a 40 mil km/h e quase 400 mil quilômetros vencidos, de acordo com o que se leu em todos os meios de comunicação, e ainda se lê.
Armstrong pôs os pés no satélite dos eternos enamorados em noite já avançada, sim, e ficou por lá, junto com Aldrin, por duas horas e tanto antes de retornar são e salvo à terra, com os bolsos cheios de amostras do solo pisado para provar que fora mesmo onde ninguém jamais pensou que fosse de fato possível. Tanto que ainda há muita gente que crê que tal façanha jamais existiu, que foi uma farsa etc.
O meu bom amigo baiano de Irará Tom Zé, por exemplo, diz com a certeza dos absolutos que na noite da suposta farsa o céu da sua terra estava maravilhoso, com as estrelas brincando de se acender e se apagar. E que, mesmo assim, ninguém viu nenhum americano na lua, só os contornos de São Jorge em briga com o seu velho dragão de estimação.
Mas algo parecido com a fala de Tom disse o primeiro viajante do espaço sideral, o soviético Gagarin, na manhã de 12 de abril de 1961: “A terra é azul, mas não vi Deus”.
Eu, hein?
Armstrong disse coisa melhor, ao tocar os pés na lua: “Um pequeno passo para o homem, um gigantesco passo para a humanidade”.
A conquista da lua resultou na abertura da porta para o futuro da terra, em especial no que tange às questões de comunicação.
O tema, aliás, não deixou ninguém indiferente.
No campo da música, nunca se falou tanto.
Só no Brasil, são milhares de composições gravadas desde a façanha dos tripulantes da Apollo 11. Muitas dessas composições viraram clássicos, como Eu Vou pra Lua, de Luiz de França e Ary Lobo, e Lua Bonita, de Zé do Norte.
E pronto.
...............................
PLOCAS & BOAS
- A Justiça Federal brasileira acaba de seqüestrar 27 fazendas do mão-grande Daniel Dantas, do Oportunity, e de sua irmã, Verônica. O seqüestro dos bens inclui 450 mil cabeças de boi de corte. Eita! A continuar assim, dá até pra acreditar que o Brasil tem jeito.
- O último exilado da ditadura militar, Antônio Geraldo Costa, o Neguinho-tigre, chegou hoje de volta ao Brasil. Desembarcou no Aeroporto Tom Jobim, onde foi recebido por meia dúzia de amigos e imprensa. Disse que não veio antes, por temer ser preso.
- A gripe palmeirense, que surgiu no México, continua fazendo vítimas.
- Termina depois de amanhã as inscrições BNB de Cultura edição 2010, parceria BNDES, para os estados do Nordeste, norte de Minas e Espírito Santo. A dotação orçamentária é de R$ 6 milhões.
- O escritor mineiro Roniwalter Jatobá está se preparando para lançar novo livro: O Jovem Luiz Gonzaga. Será na Casa das Rosas, no próximo dia 5 de agosto,a partir das 19 hroas. Haverá palestra minha e show da rainha do forró, Anastácia.

Um comentário:

Aderaldo Luciano disse...

Muito boa a pena e a letra, seu Assis. Abraço!

POSTAGENS MAIS VISTAS