Seguir o blog

quinta-feira, 24 de junho de 2010

BRASIL 2; PORTUGAL 3. OU VICE-VERSA

Essas coisas como são em si, só Deus sabe!
Deus?
Saramago dizia que não existe Deus.
Talvez deuses.
Mestre Tinhorão também acha que Deus é invenção.
O que acho?
Sei lá!
Estudei em colégio de padres e caí na vida antes de atormentar freirinhas bobas. Muitas lindas, maravilhosas, aliás.
Conheci umas, algumas. Mas sem duplas interpretações...
Nasci virgem, e o viver me fez gente, homem. Um pouco brucutu, talvez. Mas homem, e cheio de amor pra dar...
Tive filhos, sou avô e faço da vida a alegria maior.
A vida é de graça, mas nós - não sei a razão - a complicamos.
Ao dizer estas coisas, devaneio.
Lembro mestre Cascudo.
Cascudo uma vez me disse que somos todos mestres.
Também acho, inclusive porque filosofamos o tempo todo. E filosofar é tentar a razão de viver.
Acessem o deus Google.
Não confio nesse tal, mas o acessem nesse caso. Encontrarão entrevista que me deu há nem sei quantos anos.
Vale a pena.
Esta conversa toda só pra dizer que amanhã a Seleção vai perder de 3 x 2 ou ganhar de 3 x 2 o que, rigorosamente, significará o mesmo.
Assistirei ao jogo tomando umas, junto com o meu amigo José e minha filha Clarissa.
O Dunga?
Quando tivermos uma seleção genuinamente nacional, com jogadores jogando no Brasil defendendo a camisa da bandeira, aí, sim, a minha torcida será 100%.
O que acho disso tudo?
Aqui: o nosso rico futebol lá fora, nos deixa pobres aqui.
Quero de novo ver no futebol improvisações como as de Mané, o grande Mané, o mestre da ginga, do gingado, a que se refere o querido Ives.
Garrinha foi o poeta repentista no campo da bola.
É isso, Roniwalter.
Vamos ao campo!
3 x 2.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS