Seguir o blog

quinta-feira, 10 de junho de 2010

CULTURA POPULAR E CRESCIMENTO DO PAÍS

Como eu disse outro dia: algo muito importante está ocorrendo no Brasil.
Isso de todos os lados, de todas as formas.
Nunca, na minha vida, ouvi dizer que o crescimento de um país atrapalha o desenvolvimento do próprio país.
Pois é: até isso está ocorrendo nos dias de hoje, no Brasil.
Basta ler ou ouvir o noticiário, para constatar o que digo.
Isso também quer dizer que o Brasil tem de correr, de preparar seus filhos profissionalmente, educacionalmente para ocuparem os primeiros lugares em todos os rankings, com categoria e respeito.
O presidente diz: consumam!
E todos consomem.
Mas para consumir, para evitar que crises externas contaminem a economia interna, é preciso trabalhar.
E tome trabalho!
Quando eu disse no último ou penúltimo texto postado neste espaço que algo muito importante está ocorrendo no país, é porque está.
Eu me referia, basicamente, à questão da cultura popular.
Até lembrei Villa-Lobos e Mário de Andrade.
A cultura popular não precisa de protetor, de tutor, de defensor etc. Precisa isto sim, que se olhe para ela e com ela se aprenda de maneira verdadeira como se deve aprender.
A cultura popular é canal da aprendizagem.
O que ocorreu ontem em Juazeiro do Norte, CE, no auditório do Centro Cultural do BNB foi uma das coisas mais bonitas que já vi.
O motivo foi Patativa do Assaré, nome de edital lançado pelo Ministério da Cultura.
Estavam lá grandes repentistas como Geraldo Amâncio. Também poetas do batente ou de bancada como, Chico Pedrosa. Cordelistas, como Klévisson Viana, Marco Haurélio.
Minutos atrás tomei conhecimento de que o Tribunal Superior Eleitoral foi a favor do povo, validando por 6 x 1 o projeto ficha limpa para as eleições deste ano.
Quer dizer: neguinho condenado pela Justiça não vai mais encontrar guarida no voto popular, inclusive porque o seu lugar é na cadeia e não num gabinete...
É isso.

NOTÍCIA TRISTE
- Em Juazeiro, fiquei sabendo do passamento do meu amigo cantador Diniz Vitorino. Foi lá pras bandas de Venturosa, PE, sábado último. Ele chegava em casa, quando foi traído pelo coração. Partiu assim mais um baluarte da cultura popular.

ANA RAIO
- Por acaso, ao ligar a TV ontem para assistir performance de Ayrton Mugnaini no programa do Arnaldo Duran, fui surpreendido pelo repeteco da novela Ana Raio & Zé Trovão, com Célia & Celma e Almir Sater. Gostei. E muito!

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS