Seguir o blog

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

FIDEL CASTRO HOJE NO RODA VIVA, ÀS 22 HORAS

Há décadas, o risonho feiticeiro das massas Sílvio Santos alardeia na telinha do seu brinquedo, o SBT, o atraente refrão “tudo por dinheiro”, como se a vida se resumisse a isso. Mas ele, como gerente-mor dessa maquininha de fazer doido, tem pessoalmente se saído muito bem, obrigado, no seu incansável exercício de faturar e faturar pela cartilha do capitalismo.
Mas será que sabem o que dizem alguns de seus seguidores?
Um tal de Rafinha, por exemplo, do programa CQC da TV Bandeirantes, há pouco sacou de seu chulo vocabulário uma expressão altamente agressiva contra uma gestante e seu bebê, ainda por nascer.
Isso, em nome do humor.
Um chapinha seu, Danilo não-sei-o-quê, levou há pouco ao programa que apresenta Agora é Tarde, também na Band, uma Dani Calabresa de quem nunca ouvi falar para menosprezar duas grandes cantoras brasileiras: as irmãs Celia e Celma.
Esse mesmo Danilo, como seu parceiro do CQC, também andou agredindo os judeus da região do bairro de Higienópolis, ao fazer referência ao campo de extermínio nazista de Auschwitz.
Um horror!
Antes disso, no Twitter, o mesmo tal partiu pra cima dos órfãos, no Dia dos Namorados.
Como se não bastasse, defendeu um cara de nome Mion não-sei-o-quê, da REcord, num caso de homofobia.
Será que vamos continuar a ver na televisão tantas baixarias?
E Lei, hein, não é pra todos?
Então, lei neles!
Ah! Célia e Celma estão lançando mais um imperdível CD (reproduçao da capa, acima): Lembrai-vos das Procissões e Devoções de Minas, que traz uma belíssima curiosidade: uma cântico de Lamartine Babo (1904-63), Ó Maria Concebida Sem Pecado, composta quando ele tinha 15 anos de idade.

FIDEL CASTRO
- O jornalista e historiador gaúcho José Antônio Severo, que tem um de seus livros, Senhores da Guerra, ajustado para o cinema, em breve nas telas, foi um dos integrantes da banca formada para entrevistar em março de 1990 o ex-presidente de Cuba, Fidel Castro. A entrevista foi feita para o programa Roda Viva, da TV Cultura, que está completando 25 anos de existência. Esse é um dos melhores programas da televisão brasileira.
O papo com Fidel sobre segurança, socialismo, liberdade de imprensa e outros assuntos ainda em pauta vai ao ar logo mais às 22 horas.
Não dá para perder.
Além de Severo, integraram a bancada Márcio Chaer, Clóvis Rossi e Alceu Náder, do Jornal do Brasil, Folha de S.Paulo e Jornal da Tarde, respectivamente. À época, Severo era um dos editores do extinto Gazeta Mercantil.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS