Seguir o blog

terça-feira, 20 de março de 2012

O ARTISTA, UM BELO FILME

O Artista é um belíssimo filme, sob muitos aspectos.
Tanto que ganhou cinco estatuetas na última entrega do Oscar em Los Angeles, de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Figurino e Melhor Trilha Sonora e, entre outras indicações, a de Melhor Atriz Coadjuvante.
O ator Jean Dujardin interpretando o personagem George Valentin está impecável, como impecável está a atriz franco-argentina nascida em Buenos Aires Bérénice Bejo, na pele de Peppy Miller como estrela do cinema falado em ascensão no começo dos anos de 1930.
E o que dizer da atuação do cãozinho terrier Uggie no filme de Michel Hazanavicius, como amigo fiel do “astro” Valentin?
George Valentin nos remete a Rodolfo Valentino, de batismo Rodolfo Alfonso Raffaello Pierre Filibert Guglielmi di Valentina D'Antonguolla, italiano naturalizado norte-americano e principal nome do cinema mudo até o início da segunda parte dos anos de 1920.
O Artista mescla comédia romântica e drama pesado.
A história se passa entre os anos de 1927 e 1932.
George Valentin perde para o cinema falado e entra em crise.
Perde também a mulher e a fortuna e taca fogo nos rolos que contém seus filmes e quase morre queimado, não fosse a rápida atuação do cãozinho Uggie...
Antes disso, ainda no auge da carreira, Valentin conhece por acaso a dançarina com pretensão ao estrelato Peppy Miller.
É quando o filme começa a ganhar ritmo.
Logo Peppy torna-se uma grande estrela e ele, Valentin...
Sem dúvida, O Artista é um belo filme e também um tributo a Rodolfo Valentino, Charles Chaplin e, de modo geral, ao próprio cinema mudo.
Assitam-no.

ANA DE HOLLANDA
Estão de novo querendo derrubar a irmã do Chico do cargo de minsitra da Cultutra. Até quando ela vai suportar a pressão, hein?

IVES GANDRA DA SILVA MARTINS
Surgiro leitura do artigo Incentivos Fiscais Nocivos ao Brasil, assinado por Ives Gandra e Hamilton Dias de Souza e publicado hoje à pág. A 3 do jornal Folha de S.Paulo. Trata do Projeto de Resolução 72 de 2010 "que estabelece aplicação uniforme de alíquota zero de ICMS nas operações interestaduais com mercadorias importadas", a ver com a guerra fiscal promovida pelos Estados, em detrimento dos interesses do País.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS