Seguir o blog

quinta-feira, 26 de abril de 2012

ITIRAPINA GANHA HINO DE ANTONIO MARQUES JR.

Hino é a reza de um povo, de um município, de um estado, de um país. E de uma agremiação esportiva também, como o Palmeiras, o Corinthians, o Flamengo ou o Treze Futebol Clune, de Campina Grande, PB.
Mas nem todos os municípios e até estados brasileiros têm um hino próprio, oficial.
O Estado de Minas Gerais, por exemplo, não tem; embora muitos considerem oficial a valsa Oh! Minas Gerais, cuja melodia foi extraída da canção napolitana Vieni Sul Mar, adaptada pelo mineiro De Morais e pelo pernambucano Manezinho Araújo, imortalizado como Rei da Embolada.
Minas, porém, é o Estado que maior número de municípios tem no seu mapa: 853.
Em 2º lugar vem o Estado de São Paulo, com 645, seguidos do Rio Grande do Sul, com 496 e a Bahia, com 417.
Roraima, cuja capital é Boa Vista, ao norte do País, tem no seu território o menor número de municípios dentre todas as demais unidades da Federação: 15.
Itirapina, cidade a 214 quilômetros da capital paulista, com 564,2 km² e pouco mais de 14 mil habitantes, acaba de ganhar o seu símbolo musical oficial composto pelo itirapinense Antonio Marques Jr. e pelo capitão músico José Leitão Sobrinho.
Antonio Marques Jr., filho de Antonio Augusto Marques e Beatriz de Jesus Marques, era músico profissional e autor de choros, polcas, baiões, valsas e marchas. Nasceu no dia 16 de fevereiro de 1916, de acordo com alguns documentos; e de acordo com outros, no dia 5 de novembro de 1912. Nos anos de 1930, ele integrou com seu violino o Grupo dos Caipiras ao lado de Antonio Ribeiro (cavaquinho) e José Laurindo (violão) e o Trio Seresta, junto com Ramires (cavaquinho) e Laurindo (violão).
Marques Jr., desaparecido no dia 5 de março de 1999, foi, sem dúvida, o artista que mais cantou Itirapina.
É dele, por exemplo, Luar de Itirapina, Recordações de Itirapina, Dobrado Itirapinense e Saudades de Itirapina.
Até para Itaquiri, único distrito de Itirapina, Marques Jr. compôs: Serenata em Itaquiri.
O Hino de de Itirapina (partitura acima) agora vai ganhar gravação em CD, para distribuição nas escolas e entidades culturais do Estado. Na foto abaixo, o Trio Seresta.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS