Seguir o blog

sábado, 14 de abril de 2012

COM QUANTOS PAUS SE FAZ UMA CANOA, HEIN?

No começo da tarde, fui dar uma volta na Benedito Calixto, em Pinheiros.
Fazia tempo que eu não punha os pés por lá.
Comprei discos na feirinha e depois fui almoçar no Consulado.
Sol quentíssimo, até parecia de verão.
Ou de inverno, sei lá!
O fato é que o sol de hoje não era de outono, era de lascar.
Comi um arrumadinho de carne seca e emborquei duas Germana pixoxotinhas e duas Original de jeito, geladas.
Revi amigos, entre os quais o Guilherme terminando pós na USP, de Economia.
Na mesa ao lado, com uma turma. o Fernando Rocha que um tempo atrás fez uma belíssima matéria comigo cá em casa sobre os festejos juninos para o SPTV, junto com o cinegrafista, e agora também ator premiado, Davi de Almeida.
Sim, hoje estava bonita a tarde na região do Consulado, do mineiro Geraldo Magela.
Até um flautista apareceu tocando, primeiro, o baião Assum Preto, de Gonzaga e Humberto, seguido do chorinho Carinhoso de Pixinguinha e Braguiha e até o samba Trem das Onze, de Adoniran.
Bom, agora vou ler os jornais do dia antes de me redebruçar sobre Augusto dos Anjos, que na minha meninice tanto me infernizou junto com Nietzche e Shopenhauer.
E a pergunta de hoje, é: com quantos paus se faz um canoa?
Antes de responderem, cliquem abaixo uma belo vídeo montado pelo craque Darlan Ferreira, sobre homenagem recebida na noite de terça 10, no restaurante Villa Tavola, no Bixiga de Adoniran. 

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS