Seguir o blog

domingo, 20 de maio de 2012

ARTE SACRA E TALENTO FOTOGRÁFICO

Sob o olhar crítico e seletivo do poeta e estudioso de artes plásticas Paulo Klein, se acham expostas à visitação pública desde ontem e até o dia 29 de julho no Museu de Arte Sacra de São Paulo dúzia e meia de obras-primas captadas de modo instantâneo por ases da fotografia brasileira na penúltima década do século passado.
As fotografias reunidas por Klein encantam pela harmonia, singeleza e espontaneidade de seus autores, que vão desde Antenor Gondim e Aristides Alves a outros nomes igualmente importantes do fantástico mundo da arte fotográfica no Brasil, como Claudio Versiani, Edu Simões, Juca Martins, Miguel Chikaoko, Paulo Leite entre outros.
Visitar essa exposição – Luz da Fé, Fotógrafos Brasileiros Anos 80 – é passear pela alma do Brasil mais puro e simples e de seu povo crente e esforçado, guerreiro, batalhador, representado em flagrantes incríveis feitos nas beiras do Rio Araguaia por Nair Benedicto, por exemplo; ou nas romarias tradicionais de São Francisco das Chagas, Canindé, CE, por Pedro Afonso Vasquez, e em São Luiz de Paraitinga, SP, por Rosa Gauditano.
São obras que emocionam e nos enchem os olhos de beleza.
De tão belas e verdadeiras, as obras expostas ali no Museu de Arte Sacra parece que receberam um toque especial divino.
Se as obras não receberam esse toque, o receberam seus autores para concebê-las.
Numa escala de 0 a dez, a mostra Luz da Fé, sob curadoria de Paulo Klein, merece nota dez!
Leve a família e amigos para uma visita à Luz da Fé, no Museu de Arte Sacra de São Paulo.
Em seguida, estique a visita pelos corredores do Museu, onde centenas de originais do século 18 o esperam.
Essa, sem dúvida, é uma forma especial de conhecer melhor São Paulo e o Brasil com suas belezas e mistérios seculares guardados sob muitos véus.
Aliás, você já foi ver a exposição Roteiro Musical da Cidade de São Paulo, instalada no Sesc Santana desde 0 dia 25 de janeiro passado?
Acho que vale a pena uma ida ao Sesc.
O prazo pra isso é até domingo que vem, durante o dia todo e parte da noite.

PS- Clique sobre a foto acima e leia o que a diretora do Museu, Beatriz Vicente de Azevedo, escreveu sobre Luz da Fé.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS