Seguir o blog

terça-feira, 8 de maio de 2012

MORTE DO PROF. FLÁVIO EMPOBRECE O PAÍS

Conheci o professor Flávio Vespasiano di Giorgi de um aperto de mão, ao ser apresentado por minha companheira Andrea Lago, sua ex-aluna no Colégio Santa Cruz.
Faz uns três anos, talvez quatro, que isso ocorreu numa rua do Alto Pinheiros, zona oeste da capital paulista.
Ele não me pareceu ter a idade que tinha e meia dúzia de palavras selou nosso encontro, o suficiente, porém, para saber que eu estava diante de um grande homem, culto, poliglota, de muitas histórias e amado pelos alunos.
Falava e lia em 17 línguas.
Chegou a ser preso, cassado e processado em 1964, por causa de suas ideias contrárias ao sistema político vigente.
Agora nesta tarde fria de Outono leio na Folha, à página C5, notícia sobre o seu desaparecimento.
O título diz tudo: "Popular professsor de cultura geral".
Ele parte aos 79 anos, vítima de falência de órgãos.
Com isso o Brasil, intelectualmente, está ficando mais pobre.

SOCIALISMO
O socialismo volta ao poder após 17 anos, na França. E agora? Embolou o campo. François Hollande tem mais afinidades com nossa Dilma do que com a Angela dos alemães, especialmente no tocante a questões da zona do Euro. A Grécia não fez governo nas últimas eleições. Obama que se cuide. E por aí vai correndo água rio abaixo.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS