Seguir o blog

sábado, 2 de junho de 2012

HOJE, LUZIVAN MATIAS X MANOEL SOARES

Recebo telefonema do cantor e compositor Chico Salles informando sobre a contaminação das festas juninas por tranqueiras erroneamente chamadas musicais, que tem entre seus representantes uma multidão de falsos talentos e oportunistas de primeira hora.
Chico vai se apresentar em Souza, seu berço.
Dia 16 próximo ele estará no Traço de União, cá em Sampa, cantando forró, samba e baião.
Ele é dos bons.
O Canto da Ema, ótima casa de espetáculos com autores e intérpretes nordestinos basicamente, bem que poderia levá-lo para uma noitada com repertório gonzaguiano.
Enfim, estamos no ano do centenário de nascimento de Luiz Gonzaga, certo?
Fiquei sabendo que o medianeirense onipresente Michel Teló não vai mais se apresentar no São João de Patos, na Paraíba, e assim deixa de extrair dos cofres públicos a bagatela de R$ 800 mil, seu cachê.
Motivo?
Simples: os patoenses abriram a boca e gritaram um basta.
Em Caruaru, a onda contra tranqueiras ditas musicais está ganhando forma e volume.
Enquanto isso, artistas como Oswaldinho do Acordeon continuam esquecidos das programações juninas.

REPENTISTAS
Logo mais às 15 horas Luzivan Matias e Manoel Soares estarão trocando versos de improviso ao som de violas, na Rua Fradique Coutinho, 1004, Vila Madalena. A apresentação faz parte da programação Violas e Repentes, promovido pelo Raso da Catarina.
Luzivan é das poucas mulheres repentistas, atualmente.
No universo feminino da viola repentista há, entre outras, Mocinha de Passira, Minervina Ferreira e Maria Soledade.
Vamos lá, prestigiar o evento do conterrâneo Alessandro Azevedo?

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS