Seguir o blog

quinta-feira, 16 de maio de 2013

TEM COISA BOA NA VIRADA CULTURAL

No próximo domingo 19, às 14 horas, estaremos representando o Instituto Memória Brasil, IMB, no Palco Paulo Vanzolini com o espetáculo O Samba do Rei do Baião, que conta com Socorro Lira, Oswaldinho do Acordeon, Osvaldinho da Cuíca e Papete.
Do repertório constarão 14 gêneros musicais diferentes e obras de Luiz Gonzaga que ele, Gonzaga, jamais gravou. Entre essas obras se acham o samba Meu Pandeiro, a valsa Dúvida e o fado Ai, ai, Portugal recolhidas do acervo do IMB.
Socorro Lira, paraibana de Brejo do Cruz, foi uma das artistas escolhidas pelo júri do 23º Prêmio da Música Brasileira de 2012 para receber o prêmio de Melhor Cantora no segmento regional.
O carioca Oswaldinho do Acordeon é há muito um nome conhecido e reconhecido nacional e internacionalmente como um dos nossos melhores sanfoneiros.
Ex-integrante do grupo Demônios da Garoa, o compositor e instrumentista paulistano Osvaldinho da Cuíca, Cidadão Samba de São Paulo desde 1975, já esteve em dezenas de países mostrando a sua arte e o samba do Brasil.
O maranhense Papete, de renome internacional, é considerado um dos três maiores percussionistas do mundo, ao lado de Naná Vasconcelos e de Airto Moreira, ex-integrante do Trio Novo formado em 1966 por Theo de Barros (contrabaixo e violão) e Heraldo do Monte (viola e guitarra) para acompanhar Geraldo Vandré em suas incursões.
O Samba do Rei do Baião - também título de um CD que acaba de chegar ao mercado (ao lado, reprodução da capa assinada por Luciano Tasso) - é um espetáculo produzido por Andrea Lago, também por isso imperdível.
Um regional que tem à frente o maestro-arranjador e instrumentista pernambucano Jorge Ribbas acompanhará Socorro, Oswaldinho e artistas convidados. 
CLIQUE: http://www.youtube.com/watch?v=r0Kr6bhgsu0

ERUDITO E POPULAR
Acompanhadas por João Marcondes ao violão e por Micaela Marcondes ao violino, as cantoras mineiras Celia e Celma (foto acima) participam sábado do concerto Do Sacro Erudito à Devoção Popular, na Igreja da Venerável Ordem Terceira do Carmo, à Avenida Rangel Pestana, 230, Sé. O concerto contará também com o alaudista Guilherme de Camargo e a soprano Marília Vargas. Celia e Celma desenvolveram pesquisas e recolheram cantigas populares devocionais de Minas Gerais dos tempos da Idade Média, que renderam o CD Lembrai-vos das Procissões e Devoções de Minas. A apresentação, gratuita, faz parte da programação da Virada Cultural.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS