Seguir o blog

sexta-feira, 14 de junho de 2013

PERIGO NAS RUAS

Em nome da diminuição de tarifa ou tarifa zero de ônibus como tem se propagado, quem de fato estará por trás desses quebra-quebras ocorridos em São Paulo e noutras capitais como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Goiânia, Natal e Maceió, hein?
À frente, sabemos: o Movimento Passe Livre, MPL, que surgiu de uma plenária do Fórum Social Mundial, FSM, realizado na capital gaúcha em 2005.
O objetivo do FSM, criado em 2001, era/é reunir movimentos sociais de várias partes do mundo por um mundo melhor, dizem.
O MPL está instalado na ONG Associação Cultural Alquimídia, de Santa Catarina, e até novembro passado era patrocinado pela Petrobras, Ministério da Cultura e Lei Rouanet.
A estatal explicou hoje que:
O contrato de patrocínio ao projeto Alquimídia = Cultura + Digital foi encerrado em 3/11/2012 e destinava-se a reunir em um único portal os dados de todos os equipamentos culturais do Estado de Santa Catarina, tais como teatros, museus, entre outros. Foi aprovado por uma comissão externa à Petrobras através da seleção pública do Petrobras Cultural edição 2010, na área de Apoio ao aprimoramento de websites culturais. O contrato foi assinado em 02/08/2011 e encerrou em 3/11/2012”.
A Alquimídia recebeu quase R$ 800 mil do MinC e da Petrobras.
Esses quebra-quebras que se espalham Brasil a fora como rastro de pólvora são perigosos, inclusive porque envolvidos com eles, infiltrados ou não, há bobos, sabidos e muitos sabidos.
O bom senso levou hoje o prefeito Fernando Haddad a convidar para um diálogo na próxima terça-feira representantes do MPL, mas na véspera já está marcada outra manifestação em São Paulo e por aí.
Não custa lembrar que greves e outros tipos de manifestação popular são direitos previstos e garantidos na Constituição.

NOVA SEDE
Foi bonito o encontro de confraternização ontem à noite no Ipiranga, mais precisamente na Rua Engenheiro Sampaio Coelho, 111, onde a empresária Rosa Maria Zuccherato inaugurou a nova sede da sua editora, a Nova Alexandria. Estiveram presentes artistas, poetas, romancistas e outros editores, como José Cortez, da Cortez Editora.
Na foto acima, de Andrea Lago, além de Cortez ao centro, aparecem da esquerda para a direita os cordelistas Cícero Pedro de Assis, Marco Haurélio, João Gomes de Sá, o escritor Roniwalter Jatobá e Rosa Zuccherato.

REVISTA DE HUMOR
Muito bonita e bem-feita a revistinha Esse Juquinha é Uma Piada!, organizada pelo humorista Laert Sarrumor, com ilustrações de Gustavo Pergoli. Laert é integrante do grupo musical Língua de Trapo e do programa Rádio Matraca, no ar há muitos anos pela Rádio USP FM. A revista (reprodução da capa abaixo) traz a chancela da Editora Nova Alexandria.


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS