Seguir o blog

terça-feira, 9 de julho de 2013

9 DE JULHO E ZÉ RAMALHO

A essa hora, há 81 anos, São Paulo e alguns Estados, como Mato Grosso – hoje, do Sul - ferviam em tiroteios que, ao fim, resultaram entre 1.000 e 2.000 brasileiros mortos por brasileiros, em guerra contra a ditadura Vargas e por uma Constituição.
Oficialmente, o número divulgado é de 934.
A Revolução Constitucionalista, como o conflito ficou conhecido, foi cantada de todas as formas.
Entre dobrados, marchas e hinos, foram compostos cerca de 40 músicas, sendo a mais famosa, curiosamente, a música oficial da Guarda Republicana de Paris Paris-Belfort, de Parigoul (acima, reprodução do selo do disco original lançado simultaneamente na Itália, Turquia, Canadá e Brasil).
O 9 de julho é a data cívica mais importante de São Paulo.
....................................
ZÉ RAMALHO - Abaixo, registros do dia 7 no Vale do Anhangabaú, onde a Prefeitura de São Paulo, com apoio da TV Globo, realizou shows em comemoração ao mês junino. Os espetáculos, nos dias 6 e 7, foram apresentados por mim representando o 
Instituto Memória Brasil, IMB, e Alessandro Azevedo, da 
Associação Raso da Catariana na pele do seu personagem famoso, o palhaço Charles. 
As fotos são da profissional Michela Brígida.

Na foto acima, eu, a atriz Milena Toscano e o palhaço Charles apresentando o show de Zé Ramalho (aí na foto).

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS