Seguir o blog

quarta-feira, 31 de julho de 2013

AINDA ANASTÁCIA E DOMINGUINHOS

A recifense Lucinete Ferreira, na música popular conhecida por Anastácia (aí na foto comigo, no Jô, em 1990) é, sem dúvida, uma mulher de muita força, no sentido de coragem e honestidade.
Ela tem cerca de 800 músicas gravadas nos gêneros mais diversos.
Cerca de 200 dessas obras foram compostas em parceria com o sanfoneiro e cantor Dominguinhos, desaparecido hoje faz uma semana e com quem ela dividiu cama e casa por quase 12 anos, na capital paulista.
A paixão e o amor pelo artista de Garanhuns, PE, não acabaram depois da separação, “ao contrário”, ela diz.
E diz também que Dominguinhos foi a razão da sua vida.  
Antes de conviver com Anastácia, Dominguinhos casara com Janete Silva de Moraes. Dessa união, resultaram dois filhos: Mauro e Madalena, recentemente desaparecida, aos 49 anos de idade.
Espírita da linha kardecista, Anastácia se confessa uma mulher feliz e de bem com a vida.
O que ela sentiu com a doença e morte do parceiro?
“Uma tristeza imensa”.
A compositora - e cantora - conta que rezou muito pela saúde de Dominguinhos; e que compareceu ao velório na Assembleia Legislativa de São Paulo.
Ela conta que na Assembleia sentiu pena de Guadalupe – que também conviveu com Dominguinhos; e pena também sentiu de Liv, nascida da união de Guadalupe com Dominguinhos numa cerimônia afro, em Recife.
“Senti pena delas porque lhes transmiti meus pêsames e elas me responderam com silêncio e ódio” no rosto, disse a coautora do clássico popular Eu só Quero um Xodó, que já conta com mais de 400 gravações no Brasil e no Exterior, sendo a primeira feita por Marinês para o LP (CBS) Só Pra Machucar, de 1973.
No disco, o título saiu truncado: Eu Quero um Xodó.
A segunda gravação dessa música coube a Gilberto Gil fazer, para um compacto simples (Philips) lançado também em 1973, com muito sucesso.
Ao todo, Dominguinhos gravou 34 LPs e 38 CDs. Fora isso, a presença dele ficou registrada em dezenas de LPs e CD de amigos famosos e outros nem tanto.
Dominguinhos era incrível! 

8 comentários:

blogger disse...

Assis é verdade que Dominguinhos tem um filho padre? E se ele teve filhos com Anastácia.Gosto muito de Anastácia como de Dominguinhos.
Abraço Assis

assis angelo disse...

não, Dominguinhos não teve filhos com Anastácia. também não teve filho padre. padre sou eu pelo nome (em árabe, Assis é padre). o que fica é a genialidade musical de Dominguinhos e a poética de linha popular da Anastácia. Viva a arte!

Abílio Neto disse...

Preclaro Assis, é verdade que Dominguinhos não era casado de papel passado com Dominguinhos? Que ela lhe pôs um chifre com Amado Batista? Que faz uns anos namora o músico Sandro Haick que tocava com o Mestre? Que agora se passa pela "viúva de Dominguinhos"?

Responda se puder,amigo.

Abílio Neto disse...

No comentário acima, leia-se Guadalupe.

assis angelo disse...

não é do meu interesse entra na vida pessoal de ninguém, Abílio.

Abílio Neto disse...

Obrigado. Se a Justiça pensar assim também ela terminará sendo dona de 50% dos bens do artista. Cada pessoa que saiba da sua vida pública tem obrigação de falar o que sabe, a fim de evitar que Mauro e os dois filhos de Madalena sejam passados para trás por essa senhora na distribuição da herança.

Francisco Ari disse...

Pobreza de valor e de espírito das duas criatura que se fecharam a um cumprimento de Anastacia no velorio de Dominguinhos em Recife.

Francisco Ari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

POSTAGENS MAIS VISTAS