Seguir o blog

terça-feira, 17 de setembro de 2013

CULTURA POPULAR E ROCK IN RIO

Peço licença ao prugilo
Dos quelés da juvenia
Dos tolfus dos aldiácos
Da baixa da silencia
Do genuíno da Bríbria
Do grau da grodofobia.

Era o poeta cantador paraibano Zé Limeira em peleja com seu par Arrudinha, num ano que há muito o vento levou.
Embasbacado, Arrudinha humildemente perguntou:

Eu jamais ouvi falar
Nessa tal de juvenia
Nem tampouco em aldiácos
Dessa sua silencia...
Limeira me fale sério:
Que diabo é grodofobia?

Após risada espalhafatosa, Limeira respondeu:

O mestre inda não sabia
Que Jesus grodofobou?
Apois fique conhecendo
Que Limeira prugilou
E o cipó de seu Pereira
Também já juvenciou.

Hoje, há pouco, estiveram conosco os craques Papete e Ibys Maceioh (acima, na foto) cantando, tocando e contando causos. Mas não era sobre eles e Zé Limeira (versos aí, à esquerda), grande poeta popular paraibano falecido na primeira metade dos anos de 1950, que eu queria falar.
Eu queria e quero falar é dos R$ 12 milhões autorizados para captação pelo Ministério da Cultura - via Lei Rouanet - para o megaespectáculo musical Rock in Rio, ora em andamento com atrações do mundo inteiro.
Até agora os produtores/organizadores desse festival de barulho em terras cariocas captaram R$ 8,75 milhões; desses, R$ 2,1 milhões aportados com a chancela séria dos Correios brasileiros.
O Rock in Rio nessa sua 5ª edição é, mais uma vez, sucesso absoluto de público etc. 
Um estouro, como se diz.
Basta dizer que todos os ingressos foram rapidamente vendidos através da Internet.
Conclusão: os produtores do Rock in Rio são craques do ramo, o contrário exato dos produtores envolvidos com a cultura nacional popular. 
Entendo que esse é motivo para ficarmos tristes.
Os jornais que dão conta desta notícia informam, porém, que nem todos os pareceristas do Minc foram favoráveis à liberação de apoio financeiro oficial para a realização desse festival.
Mas essa é outra história. 
O que dói mesmo, cá na mente e no peito, é a nossa incompetência de mostrar a beleza que é a cultura popular brasileira através de apoio financeiro oficial...
Uma perguntinha: você não sabe quem foi Zé Limeira? 
Então, clique: 
http://www.jornalistasecia.com.br/edicoes/culturapopular08.pdf

PIMENTA NOS OLHOS...
O governo norte-americano é um governo que serve para os norte-americanos, e tão-somente.
Bingo!
Prepotente, o governo norte-americano só olha para o próprio umbigo.
Ponto.
Prepotente, o governo norte-americano é para o povo norte-americano, óbvio.
O governo norte-americano espiona o mundo, mas o mundo não pode espionar o governo norte-americano.
Exemplo?
Outro dia a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, ordenou que se investigasse o Consulado norte-americano em Frankfurt; na moita, para saber se havia antenas de escuta por lá. 
Ao saberem disso, os Estados Unidos ficaram putos e pediram explicações.
Pois é, pimenta nos olhos...  
E acho, mesmo, que a Dilma não deve ir aos EUA antes de explicações oficiais de lá, deles, sobre a espionagem que têm feito contra nós, o Brasil.

HERIVELTO MARTINS
Hoje faz 21 anos da morte do criador do Trio de Ouro e autor de Ave Maria no Morro, uma obra-prima integrada ao cancioneiro brasileiro.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS