Seguir o blog

domingo, 24 de novembro de 2013

GRAMMY LATINO E GONZAGÃO


Por telefone, recebi ontem no final de noite, que o meu nome se achava entre os discos premiados na 23ª edição do Grammy Latino. O disco em questão, traz repertório com músicas do cantor e compositor mineiro Téo Azevedo, ora em homenagem ao rei do baião, ora pelo rei do gravadas.
O disco, produzido por Téo, concorreu ao lado de dezenas de outros, de Roberto Carlos a Elba Ramalho, de Caetano Veloso a Clarice Falcão.
A festa da premiação ocorreu anteontem no final da noite em Las Vegas.
A ilusão a meu nome deve-se ao fato de eu ter participado do disco produzido por Téo Azevedo, gravando de minha autoria um poema e uma texto biográfico sobre Luiz Gonzaga. A faixa de número 15, poema: "Um baiãozinho para meu rei do baião".
Detalhe: o CD "Salve Gonzagão" está esgotado, e dele também participam Genival Lacerda, Caju & Castanha, Jackson Antunes, Fatel e Luiz Wilson, José Fábio e Cézar Abianto, Cézar do Acordeón, além de Dominguinhos ( sua última participação em discos).

Especial Memória da Cultura Popular: quer saber mais sobre Luiz Gonzaga? Então clique aqui.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS