Seguir o blog

sábado, 7 de dezembro de 2013

JOÃO SILVA, ADEUS!

http://www.youtube.com/watch?v=XlfAgl7PcM0

O pernambucano de Olho da Agua, João Leocádio da Silva, um dos mais inspirados compositores da chamada música nordestina, foi encontrado morto ontem no apartamento onde morava em Boa Viagem, Recife, aos 78 anos de idade.
João Silva, como ficou conhecimento nacionalmente começou a compor no final dos anos 1950. No começo da década seguinte, ele já se achava no Rio de Janeiro apostando na sorte.
Não demorou, e conheceu o conterrâneo Luiz Gonzaga, rei do Baião.
Antes de se tornar parceiro do criador do baião, João Silva já havia composto dezenas de músicas que foram gravadas pelos mais diferentes intérpretes. A sua relação com Gonzaga renderia pouco mais de 50 obras. Os dois últimos discos do artista de Exu teve o repertório todo recheado com a assinatura dos dois.
Em entrevista que me concedeu em São Paulo para o programa Tão Brasil, que apresentei na All TV, João Silva contou um pouco da sua história e do sonho realizado de conhecer Luiz Gonzaga e com ele fazer muitas parcerias musicais, algumas que alcançaram grande sucesso, como Deixa a Tanga Voar e Pagode Russo, um composição instrumental originalmente gravada em 1946 pelo próprio autor, Luiz Gonzaga. Detalhe: em 1978, João Silva atreveu-se a por letra, que virou um clássico.
Curiosidade: Pouco antes dessa música ser gravada com a letra de João, eu tive a alegria de escutá-la num quarto de hotel na capital paulista em primeira mão na voz do próprio Gonzaga, que ao fim da execução, soltou uma gargalhada e me perguntou:
- Gostou?
Nessa mesma ocasião ele me apresentou uma obra do compositor Jurandyr da Feira. Mas esta é outra história.
Agora clique lá em cima, para ouvir João Silva falando a seu respeito na entrevista que coloquei no ar.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS