Seguir o blog

sábado, 21 de dezembro de 2013

VIVA REGINALDO ROSSI‼!


O verão chegou há pouco.
Há pouco foi sepultado, em Recife, o corpo de cantor e compositor Reginaldo Rossi
Há 33 anos se despedia deste mundo Nelson Rodrigues.
O que tem a ver entre Reginaldo Rossi e Nelson Rodrigues, além de ambos terem sido pernambucanos, de Recife?
Reginaldo interpretou, como poucos, o sentimento do povo para o povo.
Nelson, por sua vez, interpretou o cotidiano do povo para a elite.
Nascido em 1912. O recifense Nelson Rodrigues tornou-se polemico por suas frases curtas e bombásticas, e também por sua obra recheada de romances e peças teatrais.
No total foram 9 romances e 17 obras para teatro, entre as quais a dissonante Anti-Nelson Rodrigues, que foi a palco pela primeira vez em 1974, um ano depois de o autor por nela ponto final.
Reginaldo Rossi, que iniciou a carreira no começo dos anos 60, nasceu em 1944, deixando cerca de 300 músicas gravadas em mais de 30 discos, dos mais diferentes formatos. A sua música era simples e tocava fundo o coração do povo. Não será nenhuma surpresa se dentro em breve ele se tornar cult.
Nelson representou para a dramaturgia brasileira o que Willian Shakespeare representou para o mundo.
Em comum o que há entre ambos?
A busca de pérolas do poço da cultura popular. Mais: Eles detestavam Papai Noel.


ASSOMBRAÇÃO E PAPAI NOEL
 À meia noite de ontem para hoje fui conhecer a Casa do Núcleo, no Alto de Pinheiros. Surpreendi-me pela simplicidade e aconchego da Casa. Fui especialmente por duas razões: conhecer a casa, obviamente e ouvir o  violeiro meu amigo Paulo Freire, que cedo encantou-se com os mistérios de Minas e lá foi aprender os segredos da viola caipira.
Ele esteve fantástico, como sempre, contando causos de assombração e cantando ao som da sua viola, entre os causos, surgiu a figura ridícula de Papai Noel na capital de São Paulo.
O Noel vendido pelo capitalismo assustou e embasbacou Manoelzão, um dos grandes personagens do mineiro João Guimarães Rosa.
Tenho pena do Papai Noel e de quem o inventou.

INEZITA BARROSO
 Aos 89 anos de idade, a paulistana Inezita Barroso lançou na ultima 6a. feira o seu primeiro DVD.
Foca o registro.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS