Seguir o blog

segunda-feira, 10 de março de 2014

OPINIÃO E PONTO DE VISTA

Esse negócio de “politicamente correto” entendo como uma espécie de tábua de salvação para quem vê na cautela extrema um meio cínico, preguiçoso e covarde de sobrevivência sem riscos.
Não, não tem a ver com a fala daquele personagem do Rosa no Grande Sertão, o Riobaldo.
Tem a ver com oportunismo, safadeza e puxa-saquismo mesmo, na expressão popular e mais corrente nesse nosso cotidiano selvagemente globalizado, onde cultura é palavrão e educação é confundida com subserviência de modo puro e simples.
Os malefícios provocados pela prática do não opinar são muito maiores do que opinar.
No primeiro caso, a massa encefálica do sujeito tem o seu processo de desenvolvimento natural estancado.
Isso é péssimo; e para recuperá-lo depois, hein?
A ciência ainda não sabe exatamente quanto utilizamos do nosso cérebro, mas é certo que se o estimularmos ele se desenvolverá melhor.
Daí não ser difícil crer que um cidadão esclarecido, de ideias próprias, é cidadão que enriquece a si mesmo e ao seu país, inclusive por provocar debates sociais e abrir clareiras no aqui agora e para o tempo que vem depois.
Opinião e ponto de vista são as mesmas coisas.

Um comentário:

Antonia disse...

Olá Assis Ângelo, concordo com você em gênero, numero e grau. Como seria bom se a humanidade tivesse como base e princípios esse ponto de vista.

Parabéns, Assis, por fazer a sua parte tão bem.

Beijos no coração.
Antonia
secretaria@grupoarlequim.com.br

POSTAGENS MAIS VISTAS