Seguir o blog

terça-feira, 1 de abril de 2014

DITADURA DE 21 ANOS

Hoje faz cinco anos que iniciei postagem regular de textos neste espaço. E curiosa e coincidentemente num 1º de abril, falando do golpe civil-militar de 64 e do próprio período, que se estenderia por 21 anos ininterruptos.
Triste verdade foi aquela iniciada no Dia da Mentira, neste Brasil brasileiro de todos nós.
Sim, todos os grandes empresários da indústria brasileira, de notícias inclusive, participaram do golpe, apoiando-o. Até onde lembro menos o jornal Última Hora, de Samuel Wainer.
No meu texto de estreia neste espaço também falo da atriz Vanja Orico (acima, na foto), que entrevistei e fiz cantar em russo uma canção folclórica. Vanja foi a única brasileira e sul-americana dirigida pelos legendários diretores de cinema Alberto Latuada e Federico Felini http://assisangelo.blogspot.com.br/2009/04/dia-da-mentira.html.
À época, ela morava na Itália, com o pai embaixador.

AINDA VANDRÉ
Artistas e intelectuais ouvidos pelo jornal Folha de S.Paulo escolheram 40 músicas mais significativas do período de repressão no País. A lista é encabeçada por Caminhando, mais conhecida como Pra Não Dizer Que Não Falei de Flores, do paraibano Geraldo Vandré. Clique: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/03/1432319-confira-a-lista-das-40-musicas-mais-votadas-pelos-artistas-e-intelectuais.shtml

FILME
Para entender melhor o que foi o golpe civil-militar de 1964, no Brasil, que teve a participação direta dos americanos do Norte, clique: https://www.youtube.com/watch?v=GNkziKTM_nc

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS