Seguir o blog

terça-feira, 9 de setembro de 2014

REPENTISTAS SÃO DE OUTRO PLANETA


 
O Mundo da cantoria é um mundo fantástico, incrível, fabuloso.
Quem o conhece sabe disso, quem não o conhece deveria conhecê-lo, pois a partir daí só terá razões para enaltecê-lo.
A cantoria de poetas improvisadores – ou repentistas – ao som de violas tem origens fincadas em passado remoto.
Defendo a tese de que os repentistas – ou trovadores – são seres vindos de outro planeta.
Eles são bem humorados e sábios, tudo que só os seres iluminados são.
Não é raro nas cantorias os assistentes rirem, chorarem e refletirem sobre situações do cotidiano – ou mesmo de histórias que o tempo guarda_ colocadas por esses poetas incríveis.
Entre nós brasileiros esses representantes dos aedos medievais chegaram com os  portugueses.
Os primeiros a se destacarem foram o negro Inácio da Catinguera que chegou a comprar sua própria alforria e Silvino Pirauá, também cordelista junto com Leandro Gomes de Barros.
São muitos e muitos.
As cantorias Brasil afora são frequentes.
Sábado mesmo aqui em São Paulo, o artista Siba, ex- Mestre Ambrósio, promoveu um belíssimo encontro com dois dos maiores representantes  desse universo: Mocinha de Passira  e Andorinha. Ela de Pernambuco, ele da Paraíba.
Acima, registro do encontro.
Mocinha, no próximo sábado à noite, 13, estará em Guararema, SP participando de uma cantoria com o brincante Waldeck de Garanhuns e outros improvisadores.
Voltarei ao assunto.

MILTINHO
A cultura musical popular brasileira, continua sofrendo desfalque: No ultimo domingo partiu para o Céu o cantor e compositor Milton Campos, por todo mundo conhecido por Miltinho. Eu conheci esse extraordinário artista no extinto restaurante da boêmia paulistana Parreirinha, onde comíamos e bebíamos do bom e do melhor ao lado de Jamelão e Inezita Barroso entre outros nomes de vital importância para nossa cultura popular.
Viva Miltinho!!

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS