Seguir o blog

sábado, 18 de outubro de 2014

EM PAUTA, A CULTURA POPULAR

Não é de agora que eu tenho falado neste Blog da ausência da cultura popular no programa dos presidenciáveis.
Nos últimos dias, para minha surpresa, Dilma tem se expressado aqui e ali com vocabulário popular, usando frases do povo. Exemplo? “Nem que a vaca tussa”, “Pingo nos is” e “Saco vazio não para em pé”.
Ela também fez referência a “lenda” e “fábula”, especialmente quando  rebateu a paternidade do programa Bolsa Família, que segundo seu concorrente fora uma criação do governo FHC.
Acho bom isso pois, enfim, a cultura popular é a digital de um povo. Aliás, as frases lembradas por Dilma, se ajustadas, ficariam assim: Pois é, saco vazio não para de pé, por isso vou por os pingos nos is nem que a vaca tussa.
E viva a cultura popular!

JOÃO DO VALE

Foi de fato uma noite muito bonita a de ontem no Centro cultural da Penha, no Teatro Martins Penna, no bairro da Penha, como programado, abrimos o espetáculo Na Asa do Vento pontualmente às 20h. Plateia aconchegante e participativa em todos os momentos da apresentação de Papete, Sapiranga, Ana e Daniel, cantando e trocando obras-primas do maranhense João do Vale. Perdeu quem não foi. Fica o registro no clique de Darlan Ferreira, abaixo..


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS