Seguir o blog

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

TAIGUARA TÁ NA PRAÇA!

O livro Os Outubros de Taiguara - um Artista Contra a Ditadura: Música, Censura e Exílio
(Kuarup- 158 págs. 2014) da jornalista Janes Rocha e o CD Taiguara –Ele Vive (Kuarup) chegam à praça para mostrar que Taiguara Chalar da Silva sobreviveu a todas as intempéries do seu tempo.

Data e Hora 23 de outubro, às 18h30
Loja: Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Bela Vista
Local: Piso do Teatro

Taiguara marcou fortemente o panorama musical brasileiro a partir da segunda metade dos anos de 1960. Ele começou a cantar e a mostrar as suas composições de amor à vida no Juan Sebastian Bar, famoso reduto da boemia musical paulista, onde também começaram Chico Buarque de Hollanda e Geraldo Vandré, entre outros nomes da nossa melhor música.
O livro de Janes Rocha traz à tona a trajetória pessoal e artística do mais importante intérprete dos memoráveis festivais da MPB.
Taiguara foi o artista da música popular brasileira mais perseguido pela censura do governo Militar (1964 – 1985). No total foram 181 músicas vetadas pelos censores de plantão, que nada ou muito pouco deixavam passar dos criadores musicais da época.
Os Outubros de Taiguara tem nove capítulos. Começa com “Tanto amor pra dar de graça” em que se fica sabendo as origens do cantor que ficou conhecido como “o vencedor dos festivais”. Fica-se sabendo também a razão que, em tese, teria levado Taiguara a optar politicamente pela esquerda: seu pai, o bandoneonista Ubirajara, que era do Partido Comunista. No último capítulo o livro trata – entre outros temas- da relação de Taiguara com sua última companheira Ana Lasevicius, grande guardiã da sua memória.
Do baú de preciosidades sonoras guardado por Ana, ganha agora a forma de CD um punhado de músicas, dentre as quais onze inéditas. O CD Taiguara - Ele vive reúne 15 faixas, todas tecnologicamente trabalhadas pelos craques Ricardo Cavalheira e Felipe Sander, que operaram verdadeiro milagre para trazer de volta a voz limpa, linda e emocionante do cantor de Universo no teu corpo.
A primeira faixa desse importantíssimo disco, pra mim já um dos melhores do ano, que se chama “Ele Vive”, é inspirada em Luiz Carlos Prestes – chamado de O Cavaleiro da Esperança -, “líder” do artista.
O disco traz ainda outras homenagens a figuras conhecidas do mundo artístico como Beth Carvalho, “Manhã na Candelária”; e Vanja Orico, “Te Quero”.
O disco e o livro são ótimos e se completam.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS