Seguir o blog

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

CULTURA POPULAR E MARCO HAURÉLIO


Andrade Leal, Rouxinol do Rinaré, Antônio Francisco,
 Evaristo Geraldo, Marco Haurélio e Paiva Neves, na Bienal do Livro do Ceará 2014.

Meu amigo, minha amiga, se você olhar lá em cima vai encontrar uma data: 15 de dezembro de 2014.

Pois é, mas hoje não tenho muito o que dizer. Pensando bem, tenho sim o que dizer.

Marco Haurélio é da Ponta da Serra, que fica lá em cima, no oeste da Bahia do Jorge Amado.

Marco Haurélio, cujo nome nos remete à velha Roma de Virgílio, é também um poeta de tamanho que não dá pra medir. Pois é, tem coisas e gentes na vida que o hoje não mede.

Marco Haurélio, junto com Klévisson Viana, é daqueles poetas que medo nenhum eu tenho de dizer ser definitivo; até porque, poeta não nasce poeta, poeta o tempo faz.

Meu amigo, minha amiga, você sabe quem foi Patativa do Assaré?

Caso tenha tempo e paciência, acesse o professor maluco Google ou seu irmão Youtube, e lá ponha o nome o nome Patativa do Assaré.

A riqueza do Brasil pode ser vista de todas as formas e ângulos.

Você sabe quem é Chico Pedrosa?  Se não, acesse- o também, nesta máquina de fazer doido, como diria o craque Stanislaw Ponta Preta, que é a internet.

Pois é, como nada tinha hoje especificamente a dizer, eu disse o que aqui está: os brasileiros precisam descobrir o Brasil; Brasil de Marco Haurélio, Patativa do Assaré, Chico Pedrosa, Leandro Gomes de Barros — em 2015, vamos comemorar 150 anos de nascimento desse paraibano —, Silvino Pirauá, Manoel D’Almeida Filho, José Soares, denominado o “Poeta-Repórter”.

E de Ariano Suassuna você já ouviu falar?


P.S.: O Marco Haurélio, autor de 32 livros, e dezenas de folhetos de cordel, está lançando Rei Lear em Cordel (Amarylis). Agora pra te ferrar mesmo, acesse o blog do Marco Haurélio.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS