Seguir o blog

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

FREVO, SECA E CANTORIA

No centro do poder político, Brasília, feiticeiros estão em ação contra o humor de nós todos, brasileiros. O clima lá está fervendo, frevendo, do jeito que o diabo gosta.
          
Eu disse frevendo. O frevo veio daí. Digo: a origem da palavra frevo vem de “frever”. E hoje é o dia Nacional do Frevo, mas não é desse dia que eu quero falar e nem da “frevança” política que ora se desenvolve em salas secretas do Planalto.
          
Estamos nos últimos dias do inverno, mas a seca predomina em boa parte do território nacional. Inclusive São Paulo, onde o governo nega – mas há – racionamento da água. Há racionamento de água também, em Campina Grande, que é a principal cidade paraibana depois de João Pessoa, a capital do Estado.
          
No Piauí, há municípios que não tem o solo molhado por água de chuva há mais de 04 anos.
          
E o Rio São Francisco, hein?
         
O Rio São Francisco está secando, pedindo socorro.
          
A seca atinge o velho Chico há pelo menos dois anos seguidos. A sua nascente, na Serra da Canastra já secou, faz tempo. Em alguns pontos dos seus dois mil e setecentos quilômetros já é possível fazer a travessia a pé. Terrível, não é?
          
O rio passa por cinco munícipios beneficiando cerca de 16 milhões de pessoas. Mas e agora?
      
Há quase 200 anos já se falava na sua transposição. Parte dessa transposição foi inaugurada em Cabrobó, PE, há coisa de dois meses.
           
A próxima novela da Globo, Velho Chico, vai abordar o tema. A novela tem estreia prevista no segundo semestre do ano que vem, de acordo, como nos disse a autora, Edmara Barbosa, em visita ao Instituto Memória Brasil, IMB. Na ocasião ela estava acompanhada de um de seus colaboradores, o cordelista Marco Haurélio.
         
CANTORIA NO IMB
          
Nesse último final de semana, esteve em visita no Instituto Memória Brasil o luthier e instrumentista Marimbondo Chapéu. Marimbondo, que faz parte da trupe do ator mineiro, Jackson Antunes, atualmente na novela das 09 (Globo), tocou e cantou belas páginas do cancioneiro rural, entre as quais Luar do Sertão.
Clique:

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS