Seguir o blog

domingo, 11 de outubro de 2015

EDUCAÇÃO E "LENTES DA MEMÓRIA"

A semana que passou foi uma semana muito boa pra mim.
A semana que passou deixou-me marcas indeléveis, pois foi nessa semana que, pela primeira vez, fui com uma turma da Laramara "ver" uma exposição com fotos incríveis e raríssimas do fotógrafo carioca Alberto de Sampaio (1870 - 1931). A mostra reúne expressiva quantidade de fotografias, até aqui inéditas.
Eu "vi" as fotos de Sampaio descritas de maneira impecável pelo profissional do teatro Iuri Saraiva. Atencioso, didático, Iuri contou tudo sobre a atuação fotográfica do artista.
A exposição Lentes da Memória, permanecerá à visitação pública no Instituto Tomie Ohtake até o próximo dia 1º.

Na mesma ocasião, e ainda na semana passada, apreciei também, no mesmo lugar, uma exposição retrospectiva da vida da pintora Frida Kahlo, deusa do pintor mexicano Diego Rivera. A vida dos dois foi muito atribulada. Ela estava a frente do seu tempo.
E nem era bem sobre isso que eu iria falar, vejam vocês.
Minha filha Clarissa chega até a mim para dar uma notícia lamentável: o governo estadual está na iminência de fechar escolas. O resultado disso, já é uma gritaria geral. Crianças de uma dessas escolas ameaçadas de fechamento interpretam uma versão da cantiga portuguesa "se essa rua fosse minha":


video
Se essa escola, se essa escola fosse minha
Eu mandava, eu mandava não fechar
Ia ter, ia ter mais estudantes
E levava a D.E. pra outro lugar.
Nessa rua, nessa escola tem uma escola
Que se chama, que se chama “Bispão”
Dentro dela dentro dela tem alunos
Que estudam, que estudam de montão.
Se fecharem, se fecharem minha escola
Vão abrir, vão abrir uma prisão
Se fecharem, se fecharem minha escola
Vão partir vão partir meu coração.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS