Seguir o blog

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

OSVALDINHO DA CUÍCA E ROLLING STONES

As comemorações pelos 462 anos de fundação da cidade de São Paulo encerradas ontem com uma missa na Catedral da Sé resultaram em chingamentos ao prefeito Haddad e ao governador Alckimin, proferidos por um grupo deminuto de pessoas identificadas como integrantes do recém criado movimento Passe Livre. Ai tem coisa, mas não é disso que eu quero falar.
Comemorar a fundação da Metropole Paulistana sempre será importante.
No correr de duas decadas desenviolví uma pesquisa pioneira que resultou em mais de três mil títulos musicais que tratam das belazas e feiuras e maravilhas e decepções referenrtes à cidade fundada por Nóbrega e Anchieta. Nesses momentos comemorativos sempre são exaltadas as origens da cidade. Isso, claro, é positivo,
Em qualquer tempo, é importantíssimo sabermos sobre a aldeia em que nascemos.
São Paulo é uma babel.
São muitos os incrívies personagens que habitam ou habiram a vida paulistana, entre os quais Dionísio Barbosa, Mário de Andrade, Inezita Barroso, Paulo Vanzolini, Geraldo Filme, Adoniran Barbosa, Francisco Bezerra de Meneses e tantos e tantos outros que deixaram uma obra e uma trilha de fundamental importância para sempre. Esses personagens já partiram mas há outros igualmente importantes convivendo entre nós.
Inezida nasceu num dia de carnaval e o carnaval está chegando, dessa vez sem ela (1925-2015).
Na proxímo mês, mais precisamente no dia 12, Osvaldinho da Cuíca completará 76 anos de idade. Osvaldinho é uma espécie de cridor ou recriador da cuíca como instrumento de valorosa importancia musical em qualquer meio que a percussão seja convocada pra se mostrar.
Nascido na região do Bom Retiro, mesma região em que nasceu o Corinthians em 1910, Osvaldinho já tem construida uma obra musical de referência e reverência. Mas, nunca eu o encontrei tão alegre e produtivo. Disse-me ele, sábado passado, que está compondo como nunca. "de novembro(2015), já compus uns cinquenta sambas".
Alegre como nunca, Osvaldinho conta que acabou de receber um convite para voltar a se apresentar em Okinawa, Japão, onde esteve á menos de um ano "vou participar de um grande evento musival em prol da paz mundial, que esta sendo organizado pelos japoneses", disse-me. "será uma especie de We are the world. a minha parte eu já compus."
Á beira de completar 76 anos Osvaldinho também acaba de receber convite dos ingleses Rolling Stones. "nem sei bem o que eles querem fazer comigo no palco, mas no dia 25 do mês que vem, eu começo a gravar um clipe pra eles".
Osvaldinho está compondo sambas com endereço certo: Zeca Pagodinho, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Bethe Carvalho.
Osvaldinho tem várias musicas que tratam da cidade de São Paulo e seus bairros, como Santo Amaro berço do Samba da Vela.
Viva Osvaldinho da Cuíca! 

       

2 comentários:

zè roberto da cuica disse...

Esse é o ícone do samba brasileiro...autentico sambista e o maior cuiqueiro do planeta!!!

zè roberto da cuica disse...

Tive a honra de participar com ele dessa gravação com os Roling Stones!!!

POSTAGENS MAIS VISTAS