Seguir o blog

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Política e Música

Promiscuo e deletério é o ambiente criado ontem no Congresso Nacional. Esse ambiente criado através de uma emenda constitucional permite, desde hoje o pula pula de cabritos de um partido para outro. Esse pula pula ou vai-e-vem da esculhambação se estenderá até o próximo dia 19. Em suma: qualquer político com cargo eletivo poderá mudar de partido sem problema nenhum, sem perder o cargo inclusive.
Quando eu digo que é esculhambação, é porque é esculhambação.
Político pode tudo. Não estamos vendo aí o que os Presidentes da Câmara e do Senado fazem para se manter no poder? Os corruptos proliferam desde sempre nas sociedades antigas, modernas e modernosas como a nossa.
No século XIX, quando o Príncipe Regente aportou na Bahia da Guanabara – hoje totalmente poluída, trouxe uma casta constituída de, pelo menos, quinze mil asseclas. E todos mamando nas tetas do tesouro público, como hoje.
Naquele tempo, o Brasil de ouro e outros mineiros era riquíssimo, mas politicamente já éramos pobres, como hoje. As dívidas cresceram, cresceram, cresceram e o país estourou por não suportar a sangria do qual foi vítima. E o Regente Príncipe que virou Rei arrumou as malas, as Naus, raspou o que tinha nos cofres do insipiente Banco do Brasil e partiu.
O que quero dizer com isso tudo? O que está obvio nas letras escritas até aqui. Algum paralelo com a situação vivida ora neste Brasil 2016?
Pois é, mas enquanto há esperança, há vida e vice-versa.
Bons e belos exemplos nos chegam de muitas partes, via esta maquininha de fazer doido.
Do interior do Crato, Ceará, vem notícia dando conta de que um garoto de dez anos inventou de brincar com a obra lúdica do reio do baião, Luiz Gonzaga
Essa é uma história maravilhosa. 


BALLET STAGIUM

Dentro das comemorações dos seus 45 anos de história, o Ballet Stagium mergulha na obra e vida do pernambucano estilizador do baião e de outros gêneros musicais, Luiz Gonzaga, contada com o auxílio do grupo musical Quinteto Violado.  A história  de Gonzaga será permeada por passagens e personagens do folclore nordestino. De hoje até o próximo dia 28 de fevereiro de 2016, na CAIXA Cultural São Paulo, Praça da Sé, 111, Centro, Metrô Sé.


E para lembrar Luiz Gonzaga acompanhe trecho de uma apresentação que fiz em toda a Rede Sesc.

Um comentário:

RANGEL JUNIOR disse...

Grande Assis Ângelo.
Sempre coerente, perspicaz, incisivo e agudo, pondo o indicador nas perebas do Brasil. Forte abraço. RANGEL JR.

POSTAGENS MAIS VISTAS