Seguir o blog

domingo, 25 de dezembro de 2016

É NATAL!

É Natal, anunciam pessoas de bom coração. E daí?, Indagam pessoas de sensibilidade menos aguçada.
O Menino filho de Maria e José nasceu em uma gruta em Belém e cresceu em Nazaré, no Oriente. A terra onde o Menino nasceu vive em conflito até hoje. É morte pra todo lado, por falta de entendimento mútuo. Perto de onde ele nasceu há cerca de nove séculos não chove. É deserto puro.
A Síria está se acabando há cinco anos, pelo menos. Cerca de meio milhão de pessoas já morreram no decorrer desse tempo. Fora isso, cinco milhões de pessoas já fugiram da região e milhares morreram no mar, tentando chegar a portos seguros.
A Síria de Al Assad parece ser um inferno sem fim. Os Russos estão a seu favor, brigando contra os rebeldes. Os Estados Unidos estão contra.
Hoje mais um avião Russo despencou do Céu e caiu nas aguas revoltas do Mar Negro. Morreram todos os seus ocupantes, 92 pessoas morreram. Entre os mortos, muitos soldados, prontos para brigar na região síria. Mas é Natal...
Durante a Missa do Galo, o papa Francisco rogou aos céus paz e clemência para as crianças que estão sofrendo os males dos homens em guerra, O Papa também manifestou-se contra a troca interesseira de presentes que se faz nesta época do ano. Gostei.
Há poucos dias um maluco atirou um caminhão de quase trinta toneladas contra pessoas que compravam presentes de Natal num mercado de Berlim, capital da Alemanha. Muitos morreram e dezenas ficaram feridas, deixando a Europa toda em alvoroço. A polícia da Itália, onde se acha o Vaticano, matou o maluco à queima roupa.
O terror estar em todo canto.
Todo tempo é tempo para reflexão em torno da vida e do mundo.
O melhor presente que se pode dar a alguém querido é um abraço, um beijo, uma fala...e isso pode ser feito todos os dias e em todas as línguas.
O mundo comemora o nascimento de Jesus Cristo desde o segundo século da era cristã.
 A cada ano o comércio, em torno desse acontecimento, cresce que nem bolas de neve, isso em quase todos os recantos do nosso planetinha, que há muito equilibra-se num perigoso fio de navalha.
No Nordeste mais profundo, os festejos natalinos são muito bonitos. Tem as ladainhas, os pastoris, reizados...
No campo do comércio musical há algumas verdadeiras pérolas que podem ser ouvidas em qualquer dia do ano.
Em 1954, a extinta gravadora RCA Victor lançou à praça a canção Cartão de Natal, dos pernambucanos Luiz Gonzaga e Zé Dantas. Ouçam:
FAUSTO
Fausto é um dos mais importantes cartunistas do Brasil, nascido no interior de São Paulo. Eu o conheço desde quando iniciou sua carreira, nos anos de 1970. Ele ilustrou muitas reportagens minhas na Folha, Pasquim e revistas por onde passei.
Até um cego, como eu, reconhece o talento incomum desse paulista. A ilustração acima é naturalmente inédita e feita especialmente para este blog.
Tomara qwue ele se faça mais presente aqui, certo?


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS