Seguir o blog

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

SÃO PAULO DE TODOS NÓS

 
Não sei quantos, mas são muitos e muitos os bairros que formam a maior cidade do Brasil, da América Latina, da América do Sul, do Hemisfério Sul: São Paulo.
São Paulo é grandiosa em todos os sentidos.
Difícil é saber qual foi, de fato, o primeiro bairro dessa cidade.
Meu amigo, minha amiga, você já ouviu falar de Nossa Senhora da Penha de França?
Nossa Senhora é a mãe de Jesus, mulher do carpinteiro José.
Pois bem, Nossa Senhora da Penha de França é um dos nomes da mulher mãe de Jesus.
Um pedaço da Zona Leste de São Paulo dos primórdios chegou à civilização com o nome de Nossa Senhora da Penha de França.
Por aquele pedaço de terra, por aquele pedaço do Leste paulistano, passavam os bandeirantes desbravadores que ficariam famosos por sua bravura, por sua coragem... Pois bem, por aquele pedaço de chão do Leste paulistano a história passou...
Nossa Senhora da Penha de França com o tempo, virou Penha de França. Com o tempo, Penha de França virou Penha.
Penha é o bairro da Penha, que segundo a história foi o primeiro bairro da cidade dos paulistas, paulistanos e do mundo todo.
São Paulo é uma cidade cheia de grandezas e curiosidades.
Penha é penhasco, rocha. E isso é São Paulo: rocha, dureza, coisa forte.
Do mesmo modo que o Maranhão tem a ver com a França, a santa que deu nome ao bairro paulistano tem a ver com a França.
No Século XIX, pouco ali atrás, o Brasil rendia-se à França adotando a Marselhesa como hino do país. Tempos passados.
Pois é, os leitores deste blog já devem ter notado que nos últimos dias eu tenho falado da cidade de São Paulo...
Ontem mesmo, eu sugeri que a Câmara e a Prefeitura adotassem a obra São Paulo de Todos Nós como hino oficial da cidade. E sabem por que? Porque não consigo entender o fato de o município de São Paulo não ter, até hoje, um hino. E essa obra, a obra citada, para mim, retrata a grandeza da cidade por receber estrangeiros de todos os cantos: de Portugal, Itália, Espanha, Japão, Estados Unidos... Argentinos, chilenos e norte americanos, pela ordem são os estrangeiros com maior presença hoje no país.
Os árabes estão no Brasil desde sempre, com influência na língua e culinária. São Paulo é uma Babel compreensível.
É muito bonito o hino à Nossa Senhora da Penha de França (acima). E é muito bonito também o Baião da Penha. Clique:


 
 
 

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS