Seguir o blog

terça-feira, 20 de junho de 2017

SIBÉRIA DE POETAS

O temerário Temer está em Moscou, Rússia. E se ele desse uma esticadinha até a Sibéria e por lá ficasse, hein?
Por cá, no Hemisfério Sul, o frio está de lascar. Aliás, o Outono termina hoje e o inverno começa amanhã, por volta da uma da madruga. 
Os termômetros marcam temperatura baixíssima em boa parte do Brasil. Chegou a gear em várias partes...Na Sibéria, o frio é pior do que aqui. Brrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr!
Houve tempo em que o governo russo mandou jornalistas, romancistas e poetas a dar duro na Sibéria. Temer diz-se poeta, portanto tem credenciais prá ir prá lá, nénão? Diz-se poeta, mas poeta de fato não é. Um bom poeta sabe o que é métrica, rima e oração, regras básicas para o bom fazer poético.
Dias atrás a Polícia Federal enviou a Temer um longo questionário, mas não obteve respostas. Isso faz-me lembrar o gaúcho Mario Quintana (1906-1994), esse sim poeta.
Quintana disse uma vez: "a resposta certa não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas". 
Pois é, Mario Quintana é aquele que também um dia escreveu num belo poema o verso; "todos passarão e eu passarinho".
Eu nunca soube que Temer, Dilma e Lula tenham lido algum livro de teor literário. Lembro do Lula dizendo que ler não é importante.
Eu, hein?

MULHER SAPIENS 


Na tirinha abaixo mestre Fausto fez-me lembrar as tiradas sui generis da doutora Dilma. Certa vez eu a ouvi discorrer sobre "a mulher sapiens", prá quem perdeu, não custa clicar:



BRINCANDO COM A HISTÓRIA (29)




Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS