COMPARTILHE

domingo, 17 de abril de 2011

MORREU A AUTORA DE LAMPIÃO DE GÁS


Coisas da vida.
Zica Bergami, autora da valsinha Lampião de Gás partiu.
Tinha 97 anos completados em agosto.
O caso se deu ontem por volta do Jornal Nacional, quando era anunciada a programação da 7ª Virada Cultural, na capital paulista.
Ela estava dormindo, em casa. De repente, foi percebido que já não respirava.
Tomei ciência da notícia agora, quando me preparava para sair e assistir Inezita Barroso cantar num palco armado na estação da Luz, aqui perto de casa.
No repertório, claro: Lampião de Gás, cujos arranjos originais foram feito pelo maestro Hervê Cordovil.
A música foi lançada em maio de 1958, num disco de 78 rpm. Selo acima.
Dona Zica deixa músicas, saudades e uma filha sem filhos, Sílvia.
O corpo está sendo velado no Cemitério São Paulo e será sepultado ao meio-dia.

3 comentários:

Paulo Serau disse...

Pois é, Assis, tristeza grande! Soube da notícia após descer do palco com a Inezita Barroso e a minha Orquestra Fervorosa. Lógico que cantamos Lampião de Gás, e a Inezita ainda comentou da Zica no meio do show.
Fica a música e a lembrança boa.
O lampião de gás não se apagou e o batateiro ainda grita na rua...

PAPETE disse...

CARO aSSIS, JÁ DIZIAM QUE ESTE É UM PAÍS SEM MEMÓRIA, E CADA VEZ QUE ACONTECEM COISAS ASSIM COMO O ENCANTAMENTO DE DONA ZICA MAIS TENHO A CERTEZA DE QUE REALMENTE É ASSIM, INFELIZMENTE - IMAGINEM SÓ, UMA COMPOSITORA QUE CRIOU UM DOS NOSSOS GRANDES CLÁSSICOS MUSICAIS PAULISTAS IR EMBORA SEM NENHUMA NOTINHA SEQUER NOS JORNAIS QUE ELEGEM GENEROS SOMBRIOS DE MODISMOS INCOERENTES E INÚTEIS COMO VERDADEIRAS TENDENCIAS MUSICAIS MAS QUE IGNORAM, IGNORANTES QUE SÃO NA ESSENCIA DA PALAVRA, ESTE ACONTECIMENTO CRUCIAL PARA QUEM CONVIVE E CONHECE PLENAMENTE A MUSICA BRASILEIRA.

assis angelo disse...

sim, papete. é isso mesmo.
ena, né?
e olha que eu sou do ramo do jornalismo...

POSTAGENS MAIS VISTAS

Seguidores

Loading...