Seguir o blog

terça-feira, 14 de junho de 2011

PROGRAMA PÉ NO CHÃO E INTELIGÊNCIA NO AR

Ontem 13 foi o dia de Santo Antônio, o santo consultor casamenteiro desde muitos séculos.
Pra falar a respeito e também de outros assuntos incluindo política e literatura, esteve no programa O Brasil tá na Moda, que apresento todos os dias ao vivo a partir das 14h30 pela rádio Trianon AM 740, a colega jornalista Marli Gonçalves, que falou bonito, com graça e não só sobre o velho santo lisboeta, pois, pois.
Ela falou até de movimentos de pessoas adeptas da marijoana que invadiram a Paulista em passeata, há poucos dias, para pedir a discriminalização da bichinha, oxente!
Marli também falou dos seguidores da vadiagem, que o nosso Código Penal já nem liga muito.
E hoje sabe quem esteve no programa?
Sérgio Cursino e Marco Bin (foto).
Cursino é craque do jornalismo; e Bin, doutor em Ciências Sociais que está lançando o livro Histórias Invisíveis a quatro mãos com Mônica Rebecca, professora da área de Semiótica.
No livro se movimentam personagens da vida; mas, digamos, retransformados. Isto é: Histórias Invisíveis (Editora Horizonte) é um livro cujos personagens habitam o buraco do real com o irreal.
É uma ficção da realidade, se é que pode ser dito.
Foi um papo solto o papo com Cursino e Bin, entremeado com boa música e intervenções telefônicas do estudioso da cultura popular gaúcho Paixão Côrtes, do escritor de livros sobre música Ricardo Cravo Albin e dos artistas paulistas Renato Teixeira e Rolando Boldrin, postos pra serem ouvidos interpretando a toada-baião Mulher Rendeira do folclore nordestino, adaptado por Zé do Norte.
Rolou também uma entrevista, por telefone, com o engenheiro e cordelista nordestino Kydelmir Dantas, diretamente de Mossoró, RN, sobre a importância de Luiz Gonzaga no panorama cultural brasileiro.
Amanhã o meu convidado especial é o forrozeiro Fuba de Taperoá.
Taperoá é uma cidade da Paraíba.
E Fuba, compositor e percussionista d extraordinário talento, já se apresentou ao lado de grandes artistas brasileiros, incluindo Luiz Gonzaga, rei do baião; e Jackson do Pandeiro, rei do ritmo.
E desde já adianto: o meu próximo convidado, comigo quinta 16 é Carlos Brickmann, um jornalista de aguda sensibilidade e dono de um estilo ímpar.
Brickmann é bom que só!
Não deixem de ouvir o nosso papo, a partir das 14h30.

3 comentários:

marligo disse...

demais, querido!
obrigada!
Marli Gonçalves

Marco Bin disse...

Belíssimo programa, Assis Ângelo.
Parabéns e obrigado pela oportunidade.
Marco Bin

Anônimo disse...

Oi, Assis, muito bacana ficou o programa! Super obrigada e bjs da Eliane

POSTAGENS MAIS VISTAS