Seguir o blog

terça-feira, 6 de março de 2012

MÁRIO ALBANESE, NA REVISTA TRIP

Corram às bancas, pois a Trip de fevereiro está praticamente esgotada.
No número 207 desse mês, a revista traz uma ampla reportagem ilustrada por fotos curiosas como a que se vê ao lado sobre o compositor e instrumentista paulistano, da safra de 1931, Mário Albanese, criador, junto com o maestro Ciro Pereira, do ritmo Jequibau que encantou boa parte do mundo quando foi lançado, em agosto de 1965.
Nesse mês de agosto, do folclore, também se comemora em São Paulo o Dia do Jequibau.
A batida do Jequibau é identificada no compasso 5/4 e suas origens se acham no folclore.
Parte da história desse artista, aliás, se acha na instalação multimídia Roteiro Musical da Cidade de São Paulo, aberta à visitação pública, gratuitamente, no Sesc Santana desde o dia 25 de janeiro.
Essa mostra se estenderá até o dia 1º de abril.
A respeito, o jornal Bom Dia São Paulo, edição de hoje, trouxe uma interessante reportagem que se acha no Portal da TV Globo.
Vale a pena uma espiada.
Mário Albanese é menos lembrado no seu país, Brasil, do que no Exterior.
Talvez seja por casos assim que se costuma dizer que o Brasil é um país sem memória.
Viva Mário!

ANTÔNIO SEVERO
Atenção: amanhã na Livraria Cultura do conjunto Nacional, à av. Paulista 2073, a partir das 19 horas, o jornalista José Antônio Severo recebe os amigos para autografar em dois volumes a história dos 100 anos de guerra no Continente Americano, Rios de Sangue e Cinzas do Sul (Editora Record). Estou findando a leitura das últimas páginas do 1º volume. Amanhã direi algo a respeito.

TROFÉU MULHER IMPRENSA
Depois de amanhã 8, boa parte do mundo comemorará o Dia Internacional da Mulher. As comemorações em São Paulo começam amanhã 7, às 21 horas, com a entrega do troféu Mulher Imprensa (8ª edição) no WTC World Trade Center, à avenida Nações Unidas, 12.559, 3º andar, piso C. A iniciativa é do Portal e Revista Imprensa, em parceria com a Maxpress. Entre as jornalistas premiadas se acham Cristina Piasentini, Fátima Bernardes, Miriam Leitão e Mônica Waldvogel.


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS