Seguir o blog

sábado, 1 de setembro de 2012

SETEMBRO DOS FESTIVAIS DE MPB

A música brasileira de ontem continua viva, tanto que foi não foi a Globo abre o seu acervo de preciosidades e de lá nos trai pérolas como as que foram imortalizadas nos festivais de música dos anos 1960.
O programa Som Brasil levado ao ar no começo da madrugada de hoje abordou o tema.
Arrastão, A Banda, Lapinha, Universo no Teu Corpo, Disparada e Pra Não Dizer Que Não Falei de Flores, entre outras, foram reinterpretadas por nomes jovens, como Maria Gadú.
Mas já não há mais festivais como os daquele tempo e, óbvio, nem grandes intérpretes, como Taiguara.
Na verdade, tudo aquilo foi uma fase; uma fase de riqueza musical agora guardada na lembrança como a Era dos Festivais.
Caetano e Chico continuam por aí.
Vandré está recolhido na região serrana do Rio, como estrangeiro no seu próprio país.
O amigo multimídia Darlan Ferreira ligou pra ele informando do que sucedia naquele horário tardio, mas ele não deu bola dizendo que o aparelho de TV estava desligado e assim iria continuar, pois ele tinha mais o que fazer: dormir, por exemplo.
Era no mês de setembro que os grandes festivais de música se iniciavam.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS