Seguir o blog

domingo, 23 de junho de 2013

SÃO JOÃO PASSANDO BATIDO

Nos pássaros, nos bichos e na roça; portanto na natureza se inspiram os integrantes da Banda Cabaçal dos irmãos Aniceto.
É tudo muito puro, é tudo muito bonito aos olhos mais observadores e críticos o que fazem esses verdadeiros mestres da cultura popular cearense.
Ontem à noite eu os vi novamente em ação; dessa vez, no palco externo do Auditório Ibirapuera abrindo cantoria – gratuita - que teve a participação de um dos mais importantes tocadores de foles de oito baixos do Brasil: Chico Paes de Assaré.
Você já ouviu falar dele?
Pois é...
A cantoria ainda contou com a presença de um dos herdeiros musicais do rei do baião Luiz Gonzaga, Joquinha Gonzaga, seu sobrinho.
A Banda surgiu a uns 170 anos, por iniciativa do índio cariri José Lourenço da Silva.
Os seus integrantes, ótimos individualmente e no conjunto – pois também são atores espontâneos - tocam zabumba, caixa, prato e pífanos, instrumentos que eles mesmos fabricam.
Apresentam-se onde lhe chamarem.
Até no exterior a Banda já se apresentou, ao lado de Hermeto Pascoal e Quinteto Violado.
Formada por Antônio Lourenço (1º pífano), Raimundo José (2º pífano), Adriano Pereira (zabumba), Cícero dos Santos (pratos) e José Vicente (caixa), a Banda Cabaçal tem três discos gravados.  
Chico Paes, de batismo Francisco Paes de Castro, começou a tocar o instrumento que o identifica como artista aos 13 anos de idade. Disse que no começo, ali pelos oito anos, chegou a temer que o pai - um roceiro e tocador de fole - o reprovasse e lhe desse uma surra por “escolher ser sanfoneiro profissional”, mas não.
Chico, que nasceu no dia 23 de outubro de 1925, em Assaré, é um dos últimos grandes tocadores de pé de bode do Brasil e do mundo, talvez.
E é também compositor.
Ele tem um CD na praça, gravado de modo independente.
Pode parecer mentira, mas Joquinha Gonzaga, de batismo João Januário Maciel, nasceu num 1º de abril.
Foi em 1952.
Ele é filho da segunda irmã de Luiz Gonzaga, Raimunda Januário Muniz, e do agricultor João Francisco Maciel.
Do tio famoso Joquinha recebeu a primeira sanfona, de oito baixos, e o incentivo para seguir em frente.
“E deu no que deu”, ele diz, brincando.
Joquinha, que também é compositor, tem vários LPs e CDs gravados.
O mais recente intitula-se Joquinha Gonzaga Canta Seu Tio Gonzaga.
Contato: joquinhagonzaga@hotmail.com
A Banda Cabaçal, Chico Paes e Joquinha Gonzaga tocaram só pra mim e Andrea Lago e mais, se tanto, umas 30 ou 40 pessoas. E lá não tinha TV Globo, TV Cultura, não tinha ninguém registrando a apresentação desses autênticos artistas do povo.
Nem repórter de jornal, nem de revista tinha lá.
E eles falaram de São João, Luiz Gonzaga e cultura popular.
Eita, Brasil!

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS