Seguir o blog

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

NÊUMANNE DEIXA O SBT

Nestes pobres tempos de prática do “politicamente correto” e ação de patrulheiros vadios é de se lamentar profundamente o corte dos comentários políticos e oportunos de José Nêumanne da grade dos jornalísticos do SBT.
Junto com os comentários, foi banido o seu autor; e também seus colegas, Carlos Chagas e Denise Campos de Toledo.
E não à toa, isso acontece no momento em que a nossa frágil democracia, conquistada a duras penas, sangue, suor e lágrimas, é ferida nas ruas por vândalos alugados por sabe-se lá quem.
Pobres e tristes tempos estes em que minguam cada vez mais as opiniões - principalmente as opiniões críticas – nas mídias, incluindo o facebook desta vidinha corrida e banal de valores inversos.
Com a saída de Nêumanne do SBT, perdemos todos nós. Mas seus comentários continuam sendo feitos diariamente na Rádio Jovem Pan, de onde, aliás, saí graças também ao atual diretor de Jornalismo do SBT.
Pois é, esse Marcelo é mesmo uma parada.
Quem quiser saber mais um pouco sobre a saída de Nêumanne do SBT, recomendo a leitura da última edição do newsletter Jornalistas&Cia.
Clique:
http://www.jornalistasecia.com.br/edicoes/jornalistasecia935sa12.pdf

TEO AAZEVEDO
Hoje, a partir das 21 horas, o cantor, compositor e instrumentista mineiro Téo Azevedo estará se apresentando pela primeira vez no Hotel San Rapajel, no centro da capital paulista. Na ocasião ele estará lançando o CD Salve Gonzagão, 100 Anos, vencedor do prêmio Grammy Latino 2013, do qual, aliás, participo com uma faixa declamando e contando um pouco da história do rei do baião, Luiz Gonzaga. Azevedo aproveitará a ocasião para autografar o livro Catrumano 70, uma biografia sua escrita por Amelina Chaves. Vamos prestigiá-lo? O San Raphael fica ali no largo do Arouche, 150/200.
Clique:

http://pordentrodamidia.com.br/cascudo-e-loas-4/

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS