Seguir o blog

sábado, 28 de fevereiro de 2015

OBRA DE MÁRIO DE ANDRADE AGORA É DO POVO

Fevereiro de carnaval e alegria.
Fevereiro de carnaval e tristeza 
pelo passamento de um dos mais importantes intelectuais brasileiros: Mário de Andrade.
Fevereiro termina hoje trazendo a lembrança da finitude material do autor paulistano de Macunaíma.
Mário Raul Moraes de Andrade, que no começo da carreira literária apresentava-se como Mário Sobral, foi o teórico e um dos organizadores da histórica Semana de 22 realizada no teatro municipal de São Paulo.
Nascido no dia 9 de outubro de 1893, Mário foi romancista, poeta, pianista, musicólogo, compositor bissexto, político (foi secretário municipal de cultura de São Paulo), pesquisador (de campo), jornalista (de O Estado S.Paulo) e amigo dos amigos. Na madrugada de 25 de fevereiro, um sábado Mário sofreu um colapso e minutos depois já era saudade.
Ao completar agora 70 anos do seu falecimento, toda a sua obra cai em domínio público.  

Você sabia que Viola Quebrada é uma moda de autoria de Mário de Andrade? Se sim ou se não, clique e ouça a belíssima gravação na voz de Inezita Barroso.


PESQUISA NO IMB
O jornalista José Hamilton Ribeiro, acompanhado do craque da fotografia Ernesto, 
esteve hoje de manhã fazendo pesquisa sobre moda de viola e caipiras no acervo do Instituto Memória Brasil, IMB. No registro fotográfico acima, de Darlan Ferreira, 
Ernesto, Zé e Assis.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS