Seguir o blog

domingo, 6 de dezembro de 2015

ESTAMOS APRENDENDO COM O ANO DE 2015

Eu disse que o Brasil está quebrado, se desmilinguindo e tal.
Eu também poderia dizer que este 2015 foi um horror. Foi por que já acabou. Mas vejamos a situação por outro ângulo: mesmo quebrado, desmilinguido, o Brasil deste ano tira uma lição que jamais seus filhos, nós brasileiros, jamais esquecerá.
Quem de sã consciência poderia imaginar que um dia políticos e até um banqueiro de grande porte iriam pra trás das grades! Pois é, isso aconteceu e certamente continuará acontecendo, pois a polícia federal, com as bençãos do poder judiciário, está fazendo o que nunca antes fizera: o trabalho que lhe cabe, que é de investigar e prender...
Além dos presidentes da câmara e do senado, Cunha e Renan respectivamente, outros 40 parlamentares estão na mira da polícia e da justiça.
Em 2006, aprovou-se uma lei de transparência dos três poderes para o público comum. Já é alguma coisa, pois isso não existia desde sempre, ao contrário da Suécia e da Colômbia. Lei idêntica existe na Suécia desde 1776 e na Colômbia, vejam vocês, desde a lei que "libertou" os escravos negros no Brasil, ou seja, 1888.
O que tem tudo a ver com isso?
A transparência faz bem a saúde do povo.
Estamos aprendendo muito com 2015, saia ou não Dilma da Presidência por força de um Capítulo da constituição em vigor que trata de impeachment.
E o povo voltará às ruas exigindo a sua saída?
Na semana que findou, os estudantes da rede pública do estado de São Paulo aprenderam uma lição que jamais esquecerão: sozinhos somos nada, juntos somos tudo. E não à toa, por isso mesmo, o governador Geraldo Alckmin viu-se encurralado na decisão de "reorganizar" o ensino do Estado. E voltou atrás.
Aguardemos os próximos capítulos que envolvem São Paulo e o governo federal.
O povo irá ou não irá às ruas?
Opinar faz bem, vocês não acham?
O PSDB continua em cima do muro e o PMDB na moita.
Viva o Brasil, até porque o Brasil é nosso!

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS