Seguir o blog

sábado, 4 de março de 2017

INEZITA É CELIA E CELMA



Em todos os dias e tempos, há heróis derrotados.
O Brasil perde desde Duarte Pacheco Pereira, que chegou à costa da Bahia em 1498, antes de Cabral. Pois, pois.
O que é que a paulistana Inezita Barroso tem a ver com o português Duarte?
Herdamos muitas coisas bonitas dos portugueses...
Eu conversava muito sobre isso com a querida Inezita, brasileiríssima.
Inezita partiu e ficou conosco o seu saber poético e musical.
Aqui mesmo, no Blog do Assis Ângelo, eu disse que Inezita não morreu. E não morreu, mesmo! A prova é nos dias definidos na grade da TV Cultura, em que ela aparece, como sempre, sorridente e grandona.
Mas, claro, sabemos que a Inezita habita o andar de cima, onde um dia todos estaremos.
Inezita é história. 
Eu estive várias vezes em seu programa Viola Minha Viola. E ela na minha casa e eu na dela.
Leram-me hoje notícia dando conta, que, ontem, o jornal o Estado de São Paulo noticiou que os bans-bans-bans da organização Cultura estão fazendo testes com artistas para escolher o novo (ou nova) apresentador (ou apresentadora) do Viola Minha Viola.
Inezita feminina, Inezita plural.
Pra que testes, meu Deus do Céu?
Inezita é múltipla em Celia e Celma.

 
 

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS