Seguir o blog

quinta-feira, 21 de julho de 2011

THEO DE BARROS, COMIGO HOJE NA TRIANON

Theo de Barros, de batismo Teófilo Augusto de Barros Neto, é um dos mais importantes músicos brasileiros.
Seu principal instrumento é o violão.
Compõe, canta, faz arranjos, trilhas para teatro e cinema etc.
É um artista completo.
Nasceu no dia 10 de março de 1943, no Rio de Janeiro.
Aos 15 anos, já compunha.
Aos 19, já tinha músicas gravadas por Alaíde Costa.
Disparada, dele e do paraibano Geraldo Vandré; e Menino das Laranjas, dele só, um sambinha bossanovista lançado originalamente por Vandré, no seu primeiro LP (Audio Fidelity, 1963), e logo depois também levado à praça pela gauchinha Elis Regina, o elevaram à condição de estrela da nossa música.
Disparada, que é uma moda de viola estilizada, parou São Paulo durante sua apresentação, por Jair Rodrigues, no 2º Festival da Música Popular Brasileira realizado pela Record em 1966, quando empatou em 1º lugar com a marchinha A Banda, de Chico Buarque de Hollanda.
Disparada foi gravada em alemão, francês, italiano, castelhano.
Há mais de uma centena de versões dessa música, incluindo a do próprio Vandré, feita no Teatro Record de São Paulo logo após o festival e lançada num compacto simples pela extinta RCA Victor.
A gravação de Vandré tem acompanhamento do Trio Marayá e do Trio Novo, do qual participava Theo (contrabaixo e violão), Heraldo do Monte (viola e guitarra) e Airto Moreira (bateria).
Theo de Barros é discreto, calmo, de falar tranqüilo e competentíssimo no campo da arte musical.
É o meu convidado especial hoje no programa O BRASIL TÁ NA MODA, que apresento todos os dias na Rádio Trianon AM 740, a partir das 14 horas.

PS - A foto que ilustra este texto foi feita durante palestra sobre o bravo ano de 1968 que eu e Theo realizamos no Centro Cultural do BNB, em Fortaleza, CE, há quase três anos.

LITERATURA EM REVISTA
Hoje às 18 horas, no já referido Centro, o professor e radialista caririense Ivan Nascimento discorrerá sobre O Amor e a Vida na obra do poeta carioca Vinicius de Moraes. A palestra faz parte da programação do projeto Literatura em Revista, segundo o jornalista Luciano Sá, assessor da instituição. Mais informações pelos telefones (85)3464.3196 e (85)8736.9232.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS