Seguir o blog

segunda-feira, 28 de junho de 2010

O JUMENTO É NOSSO IRMÃO. DAQUI A POUCO: BRASIL X CHILE

Muitos mortos e milhares e milhares de desabrigados.
É isso o que se vê de cara em várias cidades de Pernambuco e Alagoas, após chuvas e barragens estouradas.
Faltam água potável, energia elétrica, roupas e alimentos.
Mas há solidariedade, com jumentos inclusive contribuindo mais uma vez na recomposição da vida nessa nova tragédia nordestina de extensões lamentáveis.
Os jumentos são chamados quando tudo ou quase tudo se perde.
Foram eles de grande importância na formação do País.
Luiz Gonzaga cantou:
"O jumento é nosso irmão, quer queira ou quer não. O jumento sempre foi o maior desenvolvimentista do Sertão. Ajudou o homem na lida diária, ajudou o homem, ajudou o Brasil a se desenvolver. Arrastou lenha, madeira, pedra, cal, cimento, tijolo, telha. Fez açude, estrada de rodagem. Carregou água pra casa do homem...”.
E repetia o Rei do Baião:
“O jumento é nosso irmão”.
E o que faz o homem em agradecimento?
O próprio Gonzaga respondia:
“Castigo, pancada, pau nas pernas, pau no lombo, pau no pescoço, pau na cara, nas orelhas. O jumento é bom, o homem é mau. E quando o pobre não agüenta mais o peso de uma carga e se deita no chão, vocês acham que o homem chega e ajuda o bichinho a se levantar? Hum... Pois sim! Faz é um foguinho debaixo do rabo dele”.
E acrescentava:
“Animal sagrado. Serviu de transporte pra Nosso Senhor quando ele ia para o Egito. Quando Nosso Senhor era pirritotinho. Todo jumento tem uma cruz nas costas, não tem? Pode olhar que tem. Todo jumento tem uma cruz nas costas. Foi ali que o menino santo fez um pipizinho, por isso ele é chamado de sagrado (...). Eu reconheço o teu valor, tu és um patriota, tu és um grande brasileiro!".
Ao contrário de tantos e tantos outros brasileiros...
Já não há tantos jumentos no Nordeste, por uma razão pura e simples: estão se acabando pela maldade humana. Esse processo foi acelerado após a morte do escritor cearense Antônio Vieira, homônomo do padre português, em 2003, que desenvolveu uma enorme e necessária campanha de preservação dos jumentos.
Prefeitos da região chegaram a encher caminhões e caminhões com esses animais e os abandonaram nas estradas, à própria sorte.
E qual sorte?
Nenhuma, pelo contrário: atropelados e mortos, em muitas casos em buracos rasos; e vivos.
Os jumentos estão sendo substituídos rapidamente por motos e carros velhos, baratos.
Um jumento custa hoje algo em torno de R$ 1,00, enquanto uma moto pode ser comprada em prestações a se perder de vista.
E um cabra mau, quanto custará?

BRASIL X CHILE
- Daqui a pouco a seleção do Dunga entra em campo. Tomara que essa vez não amarre o jogo, que jogue bonito, como fizeram Alemanha e Argentina ao despacharem Estados Unidos e México. Dessas partidas, confesso, só não gostei da atuação dos árbitros...

Um comentário:

Marco Antonio Zanfra disse...

2 a 1 para o Chile? Ainda bem que sua TV não estava funcionando: era você o pé-frio, e não o Mick Jagger.

POSTAGENS MAIS VISTAS