Seguir o blog

domingo, 19 de março de 2017

VIVA OS PROFESSORES DO BRASIL

Outro dia uma colega de profissão tratou-me por professor, em entrevista à CBN ou PAN, não importa. Importa Educação.
O tema Educação, formação de gente e cidadania, data de tempos d'antanho.
Os japoneses são incríveis em tudo, inclusive no campo da Educação.
Mas antes dos japoneses, outros povos primaram pela Educação. Pela Educação e Cultura.
Não foi à toa que Atenas ficou famosa como a "cidade da Filosofia".
O Brasil está nem sei em qual lugar, mas certamente lá atrás no que se refere à Educação e Cultura.
No mundo, segundo a ONU, há 196 países.
O Japão, os EUA, A Coréia do Sul, apostam na Educação e Cultura. E nós, Brasil?
Desde há muito vejo professores em passeata, gritando, berrando, chamando a atenção de todo mundo para a situação lamentável em que sempre vivem: ganham pouco e são exigidos demais.
Professor brasileiro e professora brasileira vivem ao Deus dará o tempo todo.
Sai governo, entra governo e a situação referente à Educação e Cultura é a mesma. Pior: involui.
Quando o paulista Campos Sales foi conduzido à Presidência da República por influência de Prudente de Moraes, um assassino, a população do Brasil somava 80% de analfabetos.
Hoje, há no Brasil cerca de 25% de analfabetos funcionais. Somados a esses, há pelo mesmos 12 ou 13% de analfabetos totais, ou seja: aqueles que têm dificuldade de identificar um "o" de uma roda de caminhão.
No dia em que pai e mãe entenderem que precisam se juntar aos professores, mestres dos seus filhos, o Brasil poderá mudar.
Viva os professores!


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS