Seguir o blog

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

PETER ALOUCHE E CORDEL

O poeta Peter Alouche, elogiado por sua obra desde tempos d’antanho até pelo General Charles de Gaulle (1990-1970), é autor de versos que residem em casas de perolas como São Paulo de Todos Nós.
Embora popular o poeta Alouche, formado em letras pela Universidade de Nancy, França,  domina pelo menos uma dúzia de línguas.
Desde muito jovem, encantava a todos que liam seus versos, inclusive o D’Gaulle.
O general francês, herói na guerra contra os nasistas, chegou a escrever a Peter elogiando alguns de seus versos.
Detalhe: Àquela altura, o general-herói era presidente da França (1959-1969) e os elogios que enviou ao poeta foram assentados em papel timbrado da República francesa, com a assinatura de próprio ponho pelo presidente.
Em 2002, usando o pseudônimo Pedro Nordestino, Peter Alouche foi um dos poetas premiados no 1º Concurso Paulista de Literatura de Cordel, com Encontro no Metrô.


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS