Seguir o blog

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

ROBERTO LUNA, O REI DO BOLERO

Roberto Luna em visita ao IMB;
abaixo, ele interpretando seu maior sucesso: Molambo

Valdemar Faria nasceu em Serraria no dia primeiro de dezembro de 1929.
Valdemar que o Brasil todo conhece pelo pseudônimo artístico de Roberto Luna, começou a carreira de cantor quando tinha nem vinte anos.
E começou bem.
Cercado por grandes seresteiros da época, entre os quais Orlando Silva, Sílvio Caldas e Nelson Gonçalves, Luna chegou a participar de uma das últimas gravações do rei da voz Chico Alves.
Roberto Luna - Atenção! - integrou o coro que se ouve na regravação da canção "Serra da Boa Esperança"
 feita nos estúdios da RCA Victor, RJ, no dia 24/9/1952,
(https://www.youtube.com/watch?v=JF0yS9_lH-M), composição do carioca Lamartine Babo. 
Detalhe: Desse coral também fazia parte Odaléa.
Não caiu a ficha?
Pois é, Odaléa era uma dançarina da noite carioca e para reforçar a bolsa se virava como podia, inclusive participando de gravações em discos de 78 voltas.
Ainda não caiu a ficha?
Então, lá vai:
Odaléa veio a ser a mãe do cantor e compositor Luiz Gonzaga do Nascimento Jr., que todo mundo passou a conhecer como o filho do rei do baião, Luiz Gonzaga.

Roberto Luna, o rei do bolero, tem muita história pra contar.


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS