Seguir o blog

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

VOCÊ SABIA QUE...

... O cantor paulistano Paraguassu (Roque Ricciardi), autor de várias músicas sobre São Paulo, gravou seu primeiro disco, um 78 RPM, em 1912?
- Que Alberto Marino Jr., autor da primeira música sobre um bairro de São Paulo, o Brás (Rapaziada do Brás), era corinthiano e que antes de se doutorar pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco foi “crooner” da Orquestra Columbia, e que participou da gravação do Hino do Palmeiras’?
- Que o cardiologista, músico e maestro italiano Antonio Sergi, o Totó, autor do Hino do Palmeiras, e Gennaro Rodrigues eram a mesma pessoa?
- Que a paulistana Inezita Barroso é corinthiana roxa?
- Que vão de A a Z as quase 3.000 músicas compostas e gravadas sobre São Paulo?
- Que a primeira música feita para a capital paulista (Missa a São Paulo) data de 1750, e a última (Verás Que um Filho Fiel Não Foge à Luta), de 2012?
- Que há 67 músicas com o título São Paulo, e que a mais conhecida é a de Lamartine Babo e José Francisco de Freitas, o Freitinhas, ex-aluno do autor da melodia do Hino à Bandeira, o maestro Francisco Braga? 
- Que o imigrante italiano Giuseppe Rielli foi o primeiro artista a gravar solos de sanfona em discos, no Brasil, e que o filho Osvaldo Rielinho era o titular de uma academia de sanfoneiros na capital de São Paulo?
- Que na letra do Hino Nacional Brasileiro aparece pela primeira vez a citação literal a um bairro paulistano, o Ipiranga, e que o hino foi gravado pelo tenor Vicente Celestino, em 1921?
- Que o mineiro Antenógenes Silva gravou discos com a cantora mexicana Libertad Lamarque, se apresentou com Carlos Gardel em Paris, tocou música lírica no Teatro Municipal do Rio e que da sua extensa discografia destaca-se a polca Viajando pra São Paulo?
- Que Vinicius de Moraes compôs Dobrado de Amor a São Paulo com o pernambucano Antônio Maria, antes de dizer que São Paulo não tinha samba e que esse dobrado foi lançado em disco em 1954, pela carioca Araci de Almeida e Orquestra Tabajara, do paraibano Severino Araújo?
- Que há gravações do samba Trem das Onze em várias línguas, incluindo a italiana, por Del Turco; e a hebraica por Matt Caspi, uma espécie de Roberto Carlos de Israel?
- Que Luiz Gonzaga faz referência a São Paulo em cinco músicas e que chegou até a lançar um LP intitulado Luiz Gonzaga/SP-QG do Baião, em 1971?
- Que a cantora Laura Okumura participou do filme de suspense Dama do Cine Xangai cantando Ronda, de Paulo Vanzolini, em japonês?
- Que Paulo Vanzolini é um biólogo respeitado no mundo todo, é PhD em Harvard, membro da Academia Brasileira de Ciências desde 1963 e que dirigiu o Museu de Zoologia da USP por muitos anos e cuja biblioteca ele formou e depois a doou com os direitos de autor de Ronda e Volta por Cima?
- Que Adoniran Barbosa foi garçom do ministro da Guerra Pandiá Calógeras (governo Getúlio Vargas) e atuou como ator do premiado filme em Cannes O Cangaceiro, de Lima Barreto, em 1953?
- Que é ibitinguense quem nasce em Ibitinga-SP, e que era de lá a compositora e desenhista “naïf” Zica Bergami, autora da valsa Lampião de Gás, gravada em japonês por Keiko Ikuta?
- Que há mais de 40 músicas que se referem ao Metrô paulistano?
- Que o baiano de Irará Tom Zé ganhou o IV Festival da TV Record, em 1968, com a canção São São Paulo Meu Amor e que até hoje ele não recebeu o prêmio em dinheiro constante do Regulamento?
- Que Rapaziada do Brás, com “z” no original, foi a primeira música dedicada a um bairro da cidade de São Paulo e que seu autor, Alberto Marino, tinha apenas 15 anos de idade quando a compôs?
Quer saber mais um pouco sobre a cidade de São Paulo, aniversariante de hoje?
Então, clique:
http://www.jornalistasecia.com.br/edicoes/culturapopular01.pdf
A respeito da menina Sampa falarei daqui a pouco no SPTV 2ª edição e no Jornal da Cultura, ali pelas 21 horas, ao vivo. Se estiver dando sopa aí na poltrona, sintonize o canal 5 e depois o 2. E falaremos depois.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS