Seguir o blog

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

HOJE É DIA DE FREVO!

Dizer que o frevo pernambucano existe desde que existe Pernambuco, seria exagero. Mas certamente dizer que o frevo pernambucano existe há mais de cem anos não seria simplesmente uma verdade; Mas, sim,  uma verdade definitiva.
O frevo, Patrimônio Imaterial da Humanidade assim decidido pelo nosso Ministério da Cultura, desde 2012,  como boa parte do Nordeste e do Brasil conhece saio da cuca de Matias da Rocha, que compôs a “frevente” Vassourinhas. Ouça:

 Isso na virada do século XIX para o século XX, embora a sua primeira gravação date do final da primeira metade do século passado.
Frevo é uma corruptela da palavra ferver.
A primeira vez que essa palavra aparece na discografia brasileira é na composição Frevo Pernambucano, numa gravação do rei da voz, Chico Alves.
Essa música é  de Lupece Miranda e Osvaldo Santiago. Hoje é o Dia do Frevo.

Viva o Frevo!

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS