Seguir o blog

sexta-feira, 21 de abril de 2017

VIVA TIRADENTES!


Eu e muita gente crescemos ouvindo na escola que Tiradentes foi um herói.
Eu e muita gente crescemos ouvindo na escola que Joaquim Silvério dos Reis, um português, foi o cara que delatou Tiradentes e seus amigos que sonhavam construir um país livre, sem o jugo da Coroa portuguesa.
Aprendemos um monte de coisas legais na escola sobre o Brasil de tempos remotos, mas no correr dessa aprendizagem nos foram impostas muitas inverdades e equívocos. Primeiro: Não foi somente Joaquim Silvério dos Reis o delator da Inconfidência Mineira. Além dele, delataram Tiradentes e seus companheiros, o coronel e fazendeiro Basílio de Brito Malheiros do Lago e o também fazendeiro e capitão do mato, Ignácio Correia Pamplona, portugueses.
Você sabia que Tiradentes, de batismo Joaquim José da Silva Xavier, nunca usou barba? Pois é, Tiradentes jamais usou barba por uma razão muito simples: aos militares não era permitido o uso de barba; e Tiradentes era um militar no posto de alferes. Alferes era um posto equivalente, digamos, a um 2º tenente.
Silvério dos Reis foi, na história, o primeiro alcagueta a sair-se bem com o que hoje convencionou-se chamar "delação premiada". Pois é, e tinha 33 anos de idade quando fez isso. Detalhe: depois de trair a causa de Tiradentes,  Reis passou a ter uma vida infernizada pelo povo, chegou a sofrer um atentado no Rio de Janeiro. Morreu lascado no Maranhão em 1819. Bem feito!! Seus companheiros de delação, também se lascaram e sequer receberam benesses da Coroa pelo ato praticado.
Tiradentes e seus companheiros, entre os quais o poeta Tomás Antonio Gonzaga, foram presos e condenados. Tiradentes foi o único a sofrer a pena máxima, depois de 3 anos de prisão. Ele foi levado ao carrasco sem barba e careca. Portanto, a imagem de Tiradentes cabeludo e barbudo é falsa. Detalhe: depois de enforcado e esquartejado, a sua cabeça desapareceu...
O dia 21 de Abril como feriado nacional foi instituído em 1901.
O dia de inauguração de Brasília, 21 de abril, não foi uma escolha aleatória. Foi uma escolha feita, a dedo, pelo Presidente Juscelino Kubistcheck para homenagear o primeiro grande herói do Brasil.
Há muitas músicas compostas em alusão ao gesto heroico de Tiradentes e há muitas ruas, praças e avenidas espalhadas Brasil afora com o seu nome. Uma curiosidade a lamentar é que no município paulista de Caieiras existe uma rua com o nome de Joaquim Silvério dos Reis, você sabia?
A poeta Cecília Meireles escreveu maravilhas a respeito de Tiradentes. Leia:


Poema de Cecilia Meireles
TODA VEZ QUE UM JUSTO GRITA
UM CARRASCO O VEM CALAR
QUEM NÃO PRESTA FICA VIVO
QUEM É BOM, MANDAM MATAR
QUEM NÃO PRESTA FICA VIVO
QUEM É BOM, MANDAM MATAR
FOI TRABALHAR PARA TODOS
E VEDE O QUE LHE ACONTECE
DAQUELES A QUEM SERVIA
JÁ NENHUM MAIS O CONHECE
QUANDO A DESGRAÇA É PROFUNDA
QUE AMIGO SE COMPADECE?
FOI TRABALHAR PARA TODOS
MAS, POR ELE, QUEM TRABALHA?
TOMBADO FICA SEU CORPO
NESSA ESQUISITA BATALHA
SUAS AÇÕES E SEU NOME
POR ONDE A GLÓRIA OS ESPALHA?
POR AQUI PASSAVA UM HOMEM
(E COMO O POVO SE RIA!)
QUE REFORMAVA ESTE MUNDO
DE CIMA DA MONTARIA
POR AQUI PASSAVA UM HOMEM
(E COMO O POVO SE RIA!)
ELE NA FRENTE FALAVA
E ATRÁS A SORTE CORRIA
POR AQUI PASSAVA UM HOMEM
(E COMO O POVO SE RIA!)
LIBERDADE AINDA QUE TARDE
NOS PROMETIA


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS